, , , , ,

Christina Aguilera - "Análise em Not Myself Tonight"

terça-feira, 4 de maio de 2010 22 comentários



O novo álbum e vídeo de Christina Aguilera  introduzem os fãs a uma mudança de estilo definido. A cantora agora claramente se encaixa no molde da indústria da música ocultista, incorporando os seus temas e simbolismo em sua arte. Vamos analisar o significado oculto de seu vídeo "Not Myself Tonight" e vamos ver como o seu novo álbum se relaciona com o resto da indústria da música.

Eu sempre considerei Christina Aguilera um degrau acima da maioria dos cantores pop, devido ao fato de que ela pode realmente cantar. No entanto, a fim de continuar com seu sucesso, era apenas uma questão de tempo antes que ela terminasse no mesmo lugar que as outras estrelas pop no mercado atual. Tudo em seu novo álbum está contaminado com a agenda Illuminati, e o primeiro single "Not Myself Tonight" funciona como uma peça de iniciação. Ele contém muitos elementos vistos em outros vídeos discutidos neste site, o que provavelmente explica o número de e-mails que eu recebi pedindo essa análise. Alguns observadores acusaram ​​o "Not Myself Tonight" de copiar o "Bad Romance" de Lady Gaga. Veremos que esse "plágio", de fato, mostra Christina apenas seguindo a tendência imposta às estrelas pop.

De Christina a Xtina

Christina foi primeiramente descoberta pela Disney, empresa que tem se especializado no recrutamento de crianças que, depois, progressivamente, tornam-se "bombas sexuais" como o passar dos anos (Miley Cyrus é a próxima). Christina fazia parte de uma edição particularmente prolífica do "Mickey Mouse Club".


Christina usou seu talento para conseguir entrar na cena pop com o álbum de 1999 "Christina Aguilera", com um visual teen limpo e inocente. Tudo mudou em 2002-2003 com o lançamento do álbum "Stripped". Em uma apresentação muito simbólica durante o MTV Video Music Awards 2003, Christina é "consagrada" pela Grande Sacerdotisa Cabalística Madonna. Esse evento altamente divulgado merece um segundo olhar.

VMA 2003


Ocorrendo em um piso xadrez maçônico, essa apresentação é o início simbólico ritualístico de Britney Spears e Christina Aguilera na indústria da música oculta. A cerimônia começa com Britney e Christina caminhando até um bolo em forma de pirâmide cantando "Like a Virgin" de Madonna. A escolha da canção é muito significativa, uma vez que descreve a pureza das jovens cantoras e a inocência antes da cerimônia. Isso é também reforçado pelos seus vestidos brancos. Então a Sacerdotisa sai, vestindo um smoking preto e uma cartola maçônica.

Ela canta "Hollywood", uma canção sobre a cidade, simbolizando o estabelecimento do entretenimento, a porta de entrada para o super-estrelato. Madonna é uma representante da indústria oculta e acolhe Britney e Christina nela. Ela canta:

Todo mundo vem para Hollywood
Eles querem fazer acontecer no bairro
Eles gostam do cheiro disso em Hollywood
Como algo pode te machucar quando parece tão bom?
Brilhe a sua luz agora
Desta vez tem que ser bom
Você entende agora
Porque você está em Hollywood

A apresentação coloca à luz a dominação de Madonna e sua superioridade sobre as cantoras. Ela finalmente passa a tocha para as duas cantoras com um beijo simbólico.


 Porém, elas deveriam talvez guardar na mente este trecho da canção Hollywood:

Eu perdi minha memória em Hollywood
Eu tive um milhão de visões ruins e boas
Há algo no ar em Hollywood
Eu tentei sair, mas eu nunca consegui

Seguindo os passos de Madonna, Christina e Britney apareceram brincando com a Cabala, embora seja apenas uma "versão da Cabala para Hollywood", pois tatuagens não são permitidas em suas escrituras sagradas.

À esquerda é a tatuagem de Britney, letras hebraicas Mem-Hey-Shin, um dos 72
 nomes de Deus. Isso representa uma "cura". À direita  é a tatuagem de Christina, os 
caracteres hebraicos Yud e Bet, aparentemente dedicados ao marido Jordan Bratman.

Nos anos seguintes, Christina tomou o caminho aparentemente obrigatório da "sexualização" dos ídolos Illuminati e também apareceu em trabalhos associados à magia negra e controle mental.

 A Nova Christina

Foto relacionada à Magia Negra completa com pentagrama ritualístico e bonecas descartadas.

Desumanização e 'alter persona' simbolizados pelo manequim.

Seu mais recente trabalho completamente abraça a agenda Illuminati atual, explorando o tema do transhumanismo. O título do álbum "Bi-on-ic" e a arte da capa é realmente sobre a fusão do homem e o robô. A cabeça de Christina é retratada como um mecanismo programável, um conceito relativo ao controle mental. "Bi-On-Ic" também, aparentemente, significa "bissexual no gelo", o gelo é uma gíria para a metanfetamina. Então, quando ela está sob a influência dessa droga poderosa, ela torna-se bissexual? Sabendo que a metanfetamina é amplamente utilizada em vítimas de controle mental, especialmente em programação sexual, o título do álbum é bastante perturbador.

 Christina como um robô programável (referência ao 
controle mental) e o foco inevitável agora ​​no um olho.

Mais Simbolismo "Um Olho"

Como pode ser visto em muitos outros artigos, quase todos os artistas pop que colocam temas Illuminati em sua arte quase sempre colocam o "um olho" em seus vídeos ou fotos. Christina não é uma exceção.


Conceito de "Not Myself Tonight"

"Not Myself Tonight" foi acusada de copiar a "Bad Romance" de Lady Gaga. Embora os vídeos tenham sido produzidos por dois diretores diferentes (Francis Lawrence para Gaga e Hype Williams para Christina), ambos exploram temas similares, que também são comuns em muitos outros vídeos de música pop. Embora seja fácil dizer "a Christina copiou Gaga!", essa afirmação não leva em consideração o panorama da indústria da música. Os mesmos temas são esperados e necessários para ser predominantes nos sucessos de hoje. A indústria define a sua própria evolução, e para ser bem sucedidos, os artistas devem seguir essas tendências e comunicar as mesmas mensagens. "Not Myself Tonight" é simplesmente uma continuação da agenda Illuminati através de outro artista, e, portanto, explora seus temas comuns, tais como controle mental, transhumanismo, a iniciação ocultista e assim por diante. Aqui está o vídeo.
 

O tema da canção é Christina não "ser ela mesma esta noite", que é, a princípio, ela querer sair e fazer loucuras, "beijar os meninos e as meninas." No entanto, as imagens e o simbolismo do vídeo adicionam um outro nível de interpretação para a canção que se refere ao controle mental, a iniciação ocultista e a alteração da personalidade. O tema de estar "fora de caráter" e não controlar as próprias ações é frequentemente retratado em vídeos, e está associado, através do simbolismo, à programação Monarca ou "possessão" sobrenatural. Isso é muitas vezes simbolicamente representado pelo clássico "chifres do diabo", como visto na imagem promocional de seu single.


Como disse anteriormente, ela está apenas seguindo a tendência definida pela indústria.

A programação monarca é um método de controle mental baseado na criação de uma persona alternativa através do uso de tortura e abuso ritualístico. Alguns autores sobre o assunto, como Ron Patton, tem mencionado que a programação monarca utiliza técnicas ocultas antigas que lembram a possessão. A letra da canção reflete a criação de uma nova persona:

"Estou fora de caráter, eu estou em uma forma rara
 E se você realmente me conhecesse, saberia que isso não é a norma"

"Porque eu estou fazendo coisas que eu normalmente não faço
O lado antigo de mim se foi, eu me sinto nova
E se você não gosta, f***-se "

Como veremos mais tarde, o simbolismo do vídeo é baseado na iniciação e na criação de uma alter persona, que se expressa liricamente. O lado antigo de mim se foi, eu me sinto nova. O tema de ter um ego louco / selvagem / sexy é frequentemente retratado em vídeos, e está quase sempre associado com cenas de desumanização, contenção e /ou tortura. Esse é um caso óbvio de dissonância cognitiva, onde a representação da tortura é uma parte da nossa "libertação". Em "Not Myself Tonight", Christina é vista amarrada com os olhos forçadamente abertos, que lembram as vítimas de controle mental sendo forçadas a assistir a vídeos para reforçar sua programação.


Esta prática é retratada no filme com tema de controle mental "Laranja Mecânica" de Stanley Kubrick.

Print de "Laranja Mecânica", onde Alex é obrigado a assistir 
cenas ultra-violentas como parte de sua reprogramação.

Programação Sex Kitten

A primeira parte do vídeo está contaminada com referências ao controle mental e, mais precisamente, à programação Sex-Kitten. Essa tendência está se tornando cada vez mais comum na indústria da música e da moda.



BETA. Referida como programação "sexual". Essa programação elimina todas as convicções morais aprendidas e estimula o instinto primitivo sexual, sem inibições. Alters "felinos" podem sair neste nível.
-Ron Patton, Project Monarch
 

No controle mental, a programação Beta, também conhecida como programação Sex-Kitten, cria na vítima dissociativa uma alter-personalidade, que é programada para ser escravo sexual.


"A mente vai começar a dissociar, e vai começar a inverter as funções primordiais do cérebro  como a dor é o prazer. A mente da pessoa reorganiza. Isso é muitas vezes feito com alters Beta ou modelos Beta para levá-los a pensar que a dor do estupro sádico é um prazer. Após esta inversão na mente que "Dor é amor", os alters kitten S&M vão implorar para seus manipuladores para darem tapas neles, amarrá-los, feri-los, etc."
- Cisco Wheeler e Fritz Springmeier, The Illuminati Formula Used to Create an Undetectable Total Mind Controlled Slave


Algumas referências à programação sex-kitten  são salpicadas ao longo do vídeo.

A criação de personalidades alter é representada no vídeo com Christina gostando de estar 
rodeada de sósias. Ela desempenha o papel do manipulador de controle mental de si mesma.

BDSM, submissão e 'alter personas' retratadas nesta 
"homenagem" a música de Madonna "Express Yourself".

Ritual de Iniciação

A segunda parte do vídeo descreve essencialmente a "iniciação" de Xtina através do sexo ritual. Algumas cenas simbólicas contam essa história.

No meio da música, Christina está vestida de preto, com características masculinas e em pé entre dois pilares pseudo-maçônicos.

Esta cena é semelhante à performance do VMA referenciada acima, onde Madonna fez o papel do mestre de cerimônias. Christina desempenha o mesmo papel neste cenário. Ela está em pé em cima da escada, perto de um misterioso portal, simbolizando seu alto escalão dentro da "hierarquia interna". Seu monóculo cobre um olho que se refere à estrutura de poder dos Illuminati. O mestre de cerimônias começa o ritual de iniciação de Xtina, a sex-kitten.

Na cena seguinte, Xtina é mostrada entrando em uma porta, simbolizando-a "passando pelos portões" de sua iniciação.


Xtina é mostrada depois colocando fogo em suas roupas, indicando que ela está destruindo seu ego antigo e abraçarndo o novo alter-persona Xtina.


A iniciação é, então, selada e consumada por nada menos do que uma orgia dentro de uma igreja.


A cena na igreja dá conotação espiritual para a iniciação. Uma orgia em um lugar que é considerado sagrado é uma forma de profanação que é uma reminiscência de rituais de magia negra. O vídeo não é simplesmente sobre uma menina querendo "fazer loucuras", trata-se de uma iniciação para o "lado negro".

Para melhor retratar a conclusão da iniciação desse escravo de controle mental, Xtina é mostrada cobrindo-se com o "leite negro" ou talvez "sêmen negro".


"[...] O abuso sexual é mais poderoso quando é colocado no contexto da magia demoníaca. Sêmen do agressor é mágico e sela a programação. O aspecto ritual da mesma, e a natureza repetitiva do abuso, criam várias dinâmicas que acompanham o abuso que não ocorreria no abuso não ritualístico. "
- Cisco Wheeler e Fritz Springmeier, The Illuminati Formula Used to Create an Undetectable Total Mind Controlled Slave
 

Conclusão

Embora o novo trabalho de Christina Aguilera tenha sido acusado de plágio por alguns observadores da cultura pop, eles não conseguem perceber que ela está simplesmente seguindo a agenda imposta às estrelas pop. A padronização da indústria da música tem resultado em diferentes artistas que exploram o mesmo simbolismo, temas e estética. Diferenças superficiais definem cada artista, mas o conteúdo e a mensagem de suas músicas continuam as mesmas. Se alguns artigos deste site parecem redundantes, é por causa da redundância clara das mensagens comunicadas pela indústria da música através dos produtos que ela promove. Essa repetição é uma pista importante para identificar a existência de uma agenda alternativa na indústria.

A transformação completa de Christina Aguilera para o álbum "Bionic", e seu abraço a todos os temas discutidos em artigos anteriores (incluindo o "um olho") devem enviar uma mensagem clara: Há uma agenda na indústria da música e os artistas devem se encaixar no molde, a fim de serem promovidos como uma estrela. Isso não garante sucesso mundial, mas é a única maneira de obter a aprovação da indústria que precisavam obter.

Fonte: VC

Leia Mais
Rihanna - A Princesinha dos Illuminati
Jay-Z e Seus Amigos