O SIGNIFICADO OCULTO DE ARIANA GRANDE "NO TEARS"

O vídeo de Ariana Grande "No Tears Left To Cry" é mais um vídeo que apresenta artistas dissociados da realidade e sob controle mental. A música veio como sendo uma "reação" ao ataque terrorista ocorrido em seu show na cidade de Manchester no ano passado. Porém, os simbolismos mostram Ariana num mundo surreal e todo invertido criado pelo seu manipulador MK para programá-la. O mesmo tipo de narrativa que já vimos diversas vezes neste blog. Até mesmo na divulgação, eles mudaram o site LEIA O RESTANTE AQUI

,

Beyoncé é acusada de "Bruxaria Extrema" por Ex-Baterista

[ sexta-feira, 21 de setembro de 2018 | 0 comentários ]

Uma ex-baterista alega que Beyoncé se envolveu em "bruxaria extrema", "magia negra" e "magias de abuso sexual" contra ela.

Kimberly Thompson, a baterista que tocou na banda de Beyoncé por sete anos, entrou com uma ação e pediu proteção judicial contra a cantora devido a uma longa lista de crimes, incluindo "bruxaria extrema". 

Kimberly Thompson também tocou com a 
banda 8G em "Late Night with Seth Meyers".

Em documentos do tribunal obtidos pelo The Blast, Thompson acusa Beyoncé do seguinte:


“Exaustão extrema, magias de abuso sexual, perda de muitos empregos, roubo de casas, grandes perdas de dinheiro, roubo de computadores, roubo extremo de propriedades intelectuais, o assassinato do meu gatinho de estimação, feitiços mágicos em meus companheiros amorosos e numerosos relacionamentos acabados.


Trecho do documento do tribunal.

O processo também alega que Beyoncé vem monitorando-a, grampeando seus telefones e controlando suas finanças.

Gangstalking?

Ao ler sobre as alegações no processo de Thompson, uma palavra instantaneamente veio à mente: "Gangstalking". Aqui está uma rápida definição:


Embora relativamente desconhecido, "Gang Stalking", também conhecido como "Organized Stalking" e "Cause Stalking", é um protocolo secreto de assédio e tortura que é difundido na Califórnia e em todo o mundo.

Esse protocolo é caracterizado por vigilância de 24 horas por dia, invasões a residências e propriedade pessoal, vandalismo de automóveis, roubo, tortura de animais de estimação, difamação, ataques químicos, sabotagem de renda, assédio eletrônico e perseguição persistente e interminável por vários "stalkers".

O "gangstalking" pode durar muitos anos e tem como objetivo produzir isolamento, doenças psicológicas e físicas, indigência, falta de moradia e encarceramento.

Como esses crimes são muito bem financiados, eles foram associados ao “Cointelpro” e ao “MKUltra”, antigos programas de experimentação e controle ilegais patrocinados pelo governo, mas isso não foi provado.

- Gangstalking, Change.org


O processo de Thompson lista várias características de "gangstalking". Ela também se refere à magia negra, que é um ingrediente-chave do controle mental baseado no trauma - uma subseção do projeto MKULTRA. Embora Thompson possa ter a impressão de que a própria Beyoncé é o seu tormento, isso, na verdade, pode ser o produto da “comitiva” de Beyoncé, que provavelmente também a controla. Será que ela mirou na pessoa errada?

Demitida

Thompson fez um pedido por proteção judicial em 19 de setembro, mas foi negado pelo Tribunal Superior de Los Angeles. Uma nova audiência de proteção judicial está agendada para 11 de outubro.

O site The Blast afirma que a proteção judicial foi negada pelo juiz "muito provavelmente por causa dos discursos sem sentido sobre feitiçaria". O site também desenterrou um vídeo no YouTube da baterista em que eles dizem que ela parece "desarrumada e estranha" (o vídeo foi removido do YouTube, mas o The Blast enviou uma cópia dele).

Será que Thompson entrou com esse processo porque ela estava "desarrumada e estranha"? Ou ela ficou "desarrumada e estranha" por causa das alegações de seu processo? Quando a revista Pitchfork perguntou a Thompson sobre a veracidade dos documentos do tribunal, ela respondeu:


 "Todas as acusações... eu sobrevivi são reais". 



The Vigilant Citizen

Veja Mais


, , ,

O Ex-Namorado de Ariana Grande foi Assassinado?

[ sábado, 15 de setembro de 2018 | 8 comentários ]

A morte do ex-namorado de Ariana Grande, Mac Miller, aconteceu em circunstâncias estranhas e foi precedida de muito simbolismo sombrio. Mac Miller foi morto pela indústria da música Illuminati? 

Mac Miller foi encontrado desacordado num quarto de sua casa em San Fernando Valley no dia 7 de setembro. As autoridades foram alertadas por um amigo que fez uma ligação para o 911 da casa de Mac. Os atendentes de emergência receberam um chamado para um paciente com parada cardíaca, e Mac foi declarado morto no local. Logo depois, surgiram relatos de que Mac foi morto por overdose. 

Muitos devem pensar: “Bem, Mac Miller usava um monte de drogas, então não estou surpreso que tenha tido uma overdose”. Certo. No entanto, antes de gritar “caso encerrado” sobre essa morte prematura, vamos analisar alguns fatos que a cercam.

Para começar, por que a casa de Mac Miller foi “varrida” antes da investigação policial? O NY Post relatou:


Mac Miller deixou poucas evidências de sua aparente overdose fatal, segundo um relatório.

As autoridades encontraram apenas uma pequena quantidade de pó branco quando vasculharam a casa do falecido em San Fernando Valley, na Califórnia, na sexta-feira, disseram fontes ao site TMZ, acrescentando que a residência foi possivelmente "varrida" depois de conversar com testemunhas.

Uma busca por garrafas de comprimidos ou apetrechos de drogas não resultou em nada, disseram as fontes ao site.

– NY Post, Mac Miller’s home reportedly cleaned before cops could investigate


Isso levanta um sinal de alerta aí.

No entanto, o que a mídia fez depois da morte de Miller foi falar sobre Ariana Grande... novamente.

Dangerous Woman


Exatamente uma semana antes da morte de Mac Miller, Ariana Grande foi o foco principal do funeral de Aretha Franklin... pelas razões erradas. Um ano antes, o atentado de Manchester ocorreu em um de seus shows. Parece que a morte a segue. Claro, nada disso é culpa dela. Ela tem sido um peão da indústria desde que era criança e faz o que seus manipuladores lhe dizem para fazer.

Na mídia, Mac Miller era conhecido como o ex-namorado de Ariana Grande e muitos a culparam por sua morte. Alguns dizem que, desde sua separação, Miller estava deprimido e que ele estava ainda mais propenso ao abuso de drogas do que o habitual. Obviamente, poucos realmente sabiam sobre a natureza da relação entre Mac Miller e Ariana, e o que aconteceu dentro da cabeça do rapper depois. Uma coisa que sabemos é que Ariana Grande tem sido, nos últimos anos, uma das maiores estrelas pop do mundo e uma grande peoa da indústria. Tudo sobre ela é rigidamente controlado e ela tem sido usada para encenar todo tipo de drama da elite oculta. 

Visto que está sendo constantemente usada para fins de agenda de elite oculta, Ariana Grande tem sido objeto de vários artigos neste site. Recentemente, seus vídeos foram sobre o controle mental monarca e ela se tornando uma deusa através da Magia Sexual. Fato interessante: o álbum de Mac Miller de 2016 - criado depois que ele conheceu Ariana - foi chamado de "The Divine Feminine". Foi uma alusão ao status de "deusa" de Ariana?

Pete Davidson - atual noivo de Ariana Grande - parece cair no mesmo “padrão” de Miller. Sua relação com Ariana parece ser muito “consumidora”, pois mostra todos os sinais de um usuário pesado de drogas.

Pete Davidson usa uma camisa promocional do álbum de Ariana Grande 
com a imagem dela de cabeça pra baixo (simbolismo oculto aí). Seu cabelo 
está descolorido: isso é às vezes um sinal de controle mental da elite oculta.

Então, embora não possamos culpar Ariana Grande diretamente pela morte de Mac Miller, esse relacionamento fez o rapper adentrar o lado mais sombrio da indústria da música. E, desde então, o simbolismo associado a ele ficou muito “Illuminati”.

Simbolismo Profético

Como em eventos bizarros relacionados à elite oculta, a morte de Mac Miller foi precedida por simbolismo sombrio. Para começar, esta é a última foto postada na conta do Instagram de Mac Miller, um dia antes de sua morte.

Mac Miller escondendo um olho.

Como os leitores deste site já sabem, isso é um sinal de “submissão” à indústria do entretenimento da elite oculta. O fato de que isso foi postado antes de sua morte (provavelmente não por ele) é bastante estranho.

O NY Post usou esta foto 
para “lembrar” de Mac Miller.

Ariana Grande vem fazendo isso há anos.

Miller também postou um story no Instagram onde vemos um toca-discos tocando sua música "So It Goes", que apresenta a letra: "Nove vidas, nunca, morrem, f*** o céu, eu ainda estou me drogando".

Um print do último story
 do Instagram de Miller.

A expressão “So It Goes” (Assim vai) foi popularizada pelo clássico romance de Kurt Vonnegut, "Slaughterhouse Five", onde o narrador dizia “assim vai” após a morte de cada personagem.

Ainda mais estranho é o simbolismo encontrado no último vídeo de Mac Miller "Self Care", dirigido pelo fotógrafo Christian Weber.

A primeira cena é inspirada em uma cena do filme "Kill Bill II".

 Em "Self Care", Mac Miller é enterrado vivo.

Mac então acende um cigarro e começa a esculpir o topo do caixão de madeira.

Ele esculpe as palavras "Memento Mori",
 que no latim significa "lembrar a morte". 


"Memento Mori" é definido como a “teoria e prática da reflexão sobre a mortalidade” e pode ser encontrado em múltiplas culturas ao longo da história.

Memento Mori - lembre-se que 
você também morrerá um dia.

"Memento Mori lembre-se de morrer", xilogravura de 1640,
 Folger Shakespeare Library, Washington DC.

Um anel maçônico. Esse conceito de "Memento 
Mori" é extremamente importante na Maçonaria.

Depois de esculpir "Memento Mori", Mac Miller dá um soco no círculo que esculpiu e sai do caixão, que foi enterrado sob uma pilha de terra.

Mac Miller sai da pilha de terra.

Embora pareça que Mac saiu vitorioso desse evento traumático, as coisas ficam ruins novamente. 

Embora Miller se levante, tudo ao seu redor 
explode em câmera lenta, arremessando-o para o alto.

Mac achou que poderia escapar da morte, mas não conseguiu e, cerca de dois meses após o lançamento desse vídeo final, ele realmente morreu.

Esse vídeo profético é uma reminiscência do vídeo póstumo de XXXtentacion "SAD!", em que o rapper assiste ao seu próprio funeral. Sua morte também foi cercada por eventos bizarros.

Em seu último vídeo "SAD!", XXXtentacion examina seu próprio corpo morto. 

Conclusão

Carl Jung descreveu o conceito de sincronicidade como “eventos que são 'coincidências significativas' sem relação causal, mas parecem estar relacionados de forma significativa”. Esses eventos geralmente acontecem em um nível muito íntimo e pessoal. No entanto, no caso do mundo obscuro e distorcido da elite oculta, que está empenhada em criar mega-rituais e sacrifícios de alto gabarito, eventos sincronísticos podem ser testemunhados pelo mundo todo.

Como visto acima, tudo relacionado a Mac Miller nas últimas semanas aponta diretamente para a morte. Foi tudo uma coincidência? Ou as pessoas da indústria ao seu redor sabiam que sua hora estava chegando? Ele caiu nas más graças da indústria? Ele sabia demais? Ele era suicida... ou ele "foi suicidado"?

The Vigilant Citizen

Veja Mais
A Vida Conturbada e a Morte Simbólica de XXXTentacion
Anthony Bourdain: Outra Celebridade Morta por Enforcamento


, ,

O que Aconteceu de Errado no Funeral de Aretha Franklin?

[ sexta-feira, 31 de agosto de 2018 | 15 comentários ]

O funeral de Aretha Franklin foi um evento público que contou com a presença de uma enorme quantidade de celebridades como Ariana Grande e a família Clinton. E eles deixaram tudo isso estranho. Aqui estão algumas das coisas que estavam erradas nesse funeral.

Aretha Frankin era conhecida como a Rainha do Soul e os eventos em torno de seu funeral estavam definitivamente adequados para uma rainha. O funeral de 8 horas foi transmitido por várias redes de notícias como CNN, MSNBC, Fox News, The Word Network e BET, e também foi liderado pelo Bispo Charles H. Ellis III e dirigido pelo Rev. Al Sharpton. Entre aqueles que prestaram homenagem a Aretha no funeral estavam Ariana Grande, Clinton, Faith Hill, As Irmãs Clark, Ronald Isley, Chaka Khan, Jennifer Holliday, Jennifer Hudson, Shirley Caesar, Stevie Wonder, Eric Holder, Gladys Knight, Tyler Perry, Smokey Robinson e Yolanda Adams. Em suma, foi um evento feito para a mídia.

Quando vi a foto de Aretha deitada dentro de seu caixão, com as pernas cruzadas, enquanto usava salto alto vermelho, senti que o funeral seria... diferente.

Aretha Franklin deitada no caixão. 

Durante a “turnê de despedida” de 4 dias de Franklin, ela usou 4 roupas diferentes, completas com maquiagem, brincos personalizados e assim por diante.

Em seu funeral, Bill Clinton até brincou:


“Eu quero dizer, e espero que Deus me perdoe, que fiquei tão feliz quando cheguei aqui e o caixão ainda estava aberto, porque eu disse: eu quero saber o que minha amiga está vestindo hoje. Eu quero ver o que a garota está aprontando".


Pode-se argumentar que Aretha teria aprovado essa exibição funerária baseada em estilo, moda e luxo. Ela vivia como uma diva, então é normal que ela “partisse” como uma diva, certo? Eu acho que não faço ideia.

No entanto, tenho certeza de que ela não aprovaria os outros incidentes ocorridos em seu funeral e a resposta da mídia de massa a ela. Aqui estão algumas das coisas que estavam erradas no funeral. 

Usando Sua Morte Para Política

Durante seu funeral, muitas pessoas disseram muitas coisas e mais pessoas ainda se queixaram das coisas que foram ditas.

Primeiro, a homenagem de Trump a Aretha: 


“Eu a conhecia bem - ela trabalhou para mim em várias ocasiões.”


Alguns oradores usaram essa frase mal formulada para transformar seu discurso fúnebre em um discurso político total. Michael Eric Dyson, professor da Universidade de Georgetown, disse:


“Então esse cara teve a coragem de dizer que ela trabalhava para ele. Seu sanguessuga lúgubre, seu enganador, seu mentiroso, seu ditador duvidoso, seu tolo fascista. Ela [não] trabalhou para você, ela trabalhou acima de você. Ela trabalhou além de você. Coloque sua preposição corretamente." 



 Michael Eric Dyson

Jesse Jackson, que disputou a presidência como democrata em 1984 e 1988, também deixou uma mensagem política.


“Temos longas filas para celebrar a morte e curtas filas para votação. Algo está errado. Se você sair daqui hoje e não se registrar para votar, você está desonrando a Aretha."


Então, houve o discurso  de 50 minutos do Rev. Jasper Williams Jr. Foi longo, ardente e continha opiniões fortes que definitivamente não eram “politicamente corretas”. Como esperado, causou muita “ira e preocupação” na mídia de massa.

Rev. Williams é um amigo de longa data da família Franklin e foi 
escolhido a dedo para falar de Aretha Franklin. Williams também pregou
 durante o funeral do pai de Aretha, Rev. C.L. Franklin, em 1984.

Depois de falar sobre a vida de Aretha Franklin, Williams abordou uma série de questões que alguns consideraram controversas. Por exemplo, ele falou sobre as mulheres não serem capazes de criar homens sozinhas.


“Onde está sua alma, homem negro? Quando olho em sua casa, não há mais pais em casa. Onde está sua alma? Setenta por cento dos nossos agregados familiares são liderados pelas nossas preciosas e orgulhosas mulheres negras. Mas, por mais orgulhosas, belas que sejam nossas mulheres negras, uma coisa que uma mulher negra não pode fazer: uma mulher negra não pode criar um garoto negro para ser homem. Ela não pode fazer isso. Ela não pode fazer isso."


Enquanto protestava contra lares desfeitos, Williams usou o termo “aborto após o nascimento” para descrever a situação de crianças sendo criadas sem pai ou mãe.

Ele então passou a explicar a importância de ter um lar composto de um homem e uma mulher. 


“Sempre que nos afastamos do projeto de Deus para o que a casa deveria ser, os nossos resultados serão pesados. Deus nos disse o que fazer com a nossa casa. Ele projetou a casa. Quero dizer, Deus colocou em casa um homem e uma mulher, um pai e uma mãe. Deus colocou em casa um marido e uma esposa. Um provedor e uma educadora”. 


Ele também acrescentou:


“Os héteros precisam respeitar os gays. Os gays precisam respeitar os héteros”.


Ele então mirou no movimento Black Lives Matter:


“Surpreende-me saber que quando a polícia mata um de nós, estamos prontos para protestar e destruir propriedades inocentes. Estamos prontos para roubar, roubar o que quisermos… Mas quando matamos 100 de nós, ninguém diz nada. Ninguém faz nada.

Se você escolher me perguntar hoje - vidas negras são importantes? Deixe-me responder assim. Não. Vidas negras não importam. Vidas negras não importarão… Vidas negras não deveriam importar. Vidas negras não devem importar. Até que os negros comecem a respeitar vidas negras e parem de se matar, vidas negras nunca importam.”


Não demorou muito para que os artigos de notícias e os influenciadores de mídia social criticassem o discurso.



Claramente, esse reverendo conservador causou alvoroço. Seu discurso foi considerado "um desastre" e muitos questionaram por que ele foi escolhido para falar. Bem, a resposta é: ele era um amigo próximo da família. A verdadeira questão é: os funerais também precisam ser censurados pela platéia do politicamente correto?

Mas esse desastre não foi o pior incidente do funeral.

Ariana Grande 

Tudo sobre a presença de Ariana Grande no funeral foi decepcionante. Era como se fosse roteirizado para acabar com o funeral e torná-lo agradável à "elite oculta".

Posando com a elite. 

Primeiro, deve ser mencionado que o último single de Ariana Grande é chamado "Deus é uma Mulher". O vídeo é baseado no conceito de ela substituir Deus através da sexualidade - uma referência ao conceito oculto de Magia Sexual.

Além disso, muitos acharam que o vestido da Grande estava impróprio para a ocasião, pois quebrou a regra não oficial da igreja do “abaixo do joelho”.

Ariana Grande canta “A Natural Woman”.

Mais uma vez, em vez de celebrar a vida de Aretha Franklin no contexto solene de uma igreja, as coisas se transformaram em estranheza. Por exemplo, não demorou muito para que fotos e vídeos de Bill Clinton "salivando" por trás de Ariana se tornassem virais.

Aquela expressão facial.

Então, Ariana ficou ao lado do bispo Charles Ellis III. Depois de brincar sobre seu nome soando como um produto da Taco Bell, o bispo segurou seu braço por volta dela, com seus dedos pressionaram contra o lado de seu peito. Ele foi rapidamente acusado de se aproveitar de Ariana e esse incidente se tornou o "destaque" do culto religioso. A hashtag #RespectAriana se tornou viral.

 O bispo agarra Ariana enquanto as palavras “Um só 
Senhor, uma só fé, um só batismo” estão em destaque.

No dia seguinte, Ellis pediu desculpas por "cruzar a fronteira" e acrescentou:


“A última coisa que quero fazer é ser uma distração para este dia. Isso é apenas sobre Aretha Franklin”.  


Bem, foi o que aconteceu. Esse culto religioso, que ocorreu dentro de uma igreja, se transformou em uma história de homens velhos que cobiçaram uma estrela pop que é estilizada para se parecer com uma garota de 14 anos de idade.

Conclusão

Aretha Franklin era filha de um pregador e cresceu cantando canções gospel. Esse aspecto de sua educação a acompanhou por toda a vida e, é claro, teve que ser refletido em seu funeral. Por outro lado, a carreira de Aretha realmente decolou quando ela começou a cantar canções pop "seculares" - um movimento que satisfez a desaprovação de seu pai. Quando ela se tornou uma superstar, Aretha tornou-se rica e famosa, alcançando os altos escalões da indústria da música e da elite mundial.

A natureza dualista de sua vida e carreira também estavam presentes em seu funeral visto que a comunidade batista tradicionalista entrou em conflito com Hollywood e suas depravações. O produto resultante foi um evento bizarro repleto de controvérsias.

Embora o funeral tenha sido para Aretha Franklin, eles o fizeram sobre Donald Trump, Ariana Grande e debates políticos divisivos. 

The Vigilant Citizen

Veja Mais


O Perturbador Desafio da Momo estaria causando Suicídios Bizarros

| 5 comentários ]

Tendo como alvo os jovens através do Whatsapp e do Facebook, o “Desafio da Momo” está ligado ao suicídio de um adolescente que escreveu de antemão as palavras “Illuminati” e “Um olho do diabo” em uma parede.

O Desafio da Momo está se espalhando por vários países do mundo, levando as forças policiais a alertar os pais sobre os efeitos potencialmente perigosos desse “jogo” perturbador. É o mais recente fenômeno de mídia social que leva adolescentes desavisados ​​a um mundo de violência e pura escuridão.

O que é o Desafio da Momo?

Os “jogadores” são desafiados através do Whatsapp e do Facebook para entrar em contato com a Momo por um número de telefone desconhecido. Os adolescentes são então ordenados a realizar uma série de tarefas perigosas. Falhar em fazer essas tarefas resulta em ameaças gráficas repetidas que incluem: tornar informações pessoais públicas, prejudicar membros da família ou lançar maldições mágicas. Essas ameaças são frequentemente acompanhadas de imagens assustadoras, sangrentas e perturbadoras. Alguns adolescentes afirmaram que receberam imagens aterrorizantes durante a noite, enquanto outros alegaram que o personagem ameaçou se materializar durante a noite para amaldiçoá-los. Outros acrescentaram que receberam chamadas durante as quais só ouviam sons assustadores e gritos.

O “Desafio da Momo” é uma reminiscência do “Desafio da Baleia Azul”, que estava ligado à morte de dezenas de jovens em todo o mundo. Os "jogadores" eram obrigados a realizar uma série de façanhas por 50 dias com o desafio final de se suicidarem.

A conta da Momo usa como avatar uma foto de uma mulher grotesca de olhos esbugalhados - uma escultura criada pela empresa japonesa de efeitos especiais Link Factory. A empresa nega qualquer envolvimento com o desafio.

 Você provavelmente não quer que esse rosto envie
 uma mensagem de texto para você no meio da noite.

Pouco se sabe sobre o conteúdo real dessas sessões de chat com a Momo. No entanto, as histórias transmitidas na mídia por adolescentes que jogaram o jogo falam de incitação à violência e a troca de conteúdo violento. Especialistas acreditam que as trocas são um exercício de dessensibilização à medida que os jogadores são gradualmente expostos a imagens super violenta durante os desafios. 

Os desafios também levam à extorsão e ao assédio. De fato, usando várias técnicas, as pessoas por trás da Momo puderam acessar os telefones dos jogadores e usar seus conteúdos para chantagem. 

Quantas Mortes Estão Ligadas ao Desafio da Momo?

Existem vários relatos na Internet de mortes relacionadas ao Desafio da Momo nos últimos dias, porém todos são muito vagos e carecem mais evidências, como este, por exemplo:

Em 28 de agosto, um rapaz de 18 anos chamado Manish Sarki teria sido encontrado morto em um galpão de animais de fazenda que tinha as palavras “Illuminati” e “um olho do diabo” rabiscadas na parede.

Manish Sarki foi encontrado
 morto em Kurseong, na Índia.

O Hindustan Times relata:


 Manish Sarki, um estudante de escola privada, foi encontrado dentro de um galpão de fazenda, a uma curta distância de sua casa na noite de segunda-feira. Ele desapareceu em 20 de agosto. A polícia está examinando os rabiscos de palavras como "Enforcado", "Illuminati", "Dopado", "Metal" e o nome de uma garota pintada dentro do galpão. 

 Esses rabiscos levantaram suspeitas de que o garoto se matou seguindo as instruções do jogo.

“Estamos tentando desbloquear o telefone do menino. Quando fizermos isso, poderemos obter pistas vitais sobre o motivo do suicídio. Manish foi encontrado pendurado em um galpão de fazenda na noite de 20 de agosto”, disse Harikrishna Pai, superintendente da polícia, Kurseong.

“Eu tinha visto o Enforcado, o desenho que Manish pintou, no aplicativo Momo. O jogo é responsável por seu suicídio”, disse Arjun Ghatani, primo de Sarki. Outro amigo, Imon, disse que ele havia dito aos professores que Sarki sempre escondia algo deles enquanto usava seu celular.


Existem rumores de suicídios causados pelo Desafio da Momo relatados em vários países ao redor do mundo, incluindo México, Índia, Argentina, França, Alemanha, Canadá e Brasil, mas ainda não há uma evidência conclusiva que isso seja real.

Investigações preliminares determinaram que a maioria das mensagens é originária do Japão e do México. Algumas fontes acreditam que o “desafio” é provavelmente uma forma de “isca” usada por criminosos para roubar dados e extorquir pessoas na internet.

Outra hipótese é que esses tipos de fenômenos se originam de círculos secretos de pessoas que são extremamente obscuras, violentas e ocultas e que se divertem levando adolescentes ingênuos a um mundo de horror, autoflagelação e morte.

The Vigilant Citizen

Veja Mais
O Misterioso Caso de Elisa Lam
O que está acontecendo com Jim Carrey?


,

Asia Argento é acusada de Abuso Sexual de Menor de Idade

[ sábado, 25 de agosto de 2018 | 10 comentários ]

Asia Argento, uma figura de proa do movimento #MeToo e ex-namorada de Anthony Bourdain foi acusada de abuso sexual de um menor; mas isso não é nem um pouco surpreendente.

Documentos legais revelaram que Asia Argento pagou US$ 380 mil ao ator Jimmy Bennett depois que ele acusou a atriz de abuso sexual. Os eventos aconteceram em 2013, em um quarto de hotel no Ritz-Carlton em Marina del Rey. Naquela época, Jimmy Bennett tinha dois meses após o seu 17º aniversário e Asia Argento tinha 37 anos. Como a idade de consentimento na Califórnia é de 18 anos, o abuso se qualifica como estupro.

Documentos jurídicos obtidos pelo The New York Times afirmam que o encontro de 2013 foi "uma traição que precipitou uma
 espiral de problemas emocionais".


A repercussão de "um abuso sexual" foi tão traumática que prejudicou o trabalho e a renda de Bennett e ameaçou sua saúde mental, segundo um comunicado com a intenção de processar, que seu advogado enviou em novembro a Richard Hofstetter, advogado de longa data de Bourdain, que também representava a Sra. Argento na época. 

– NY Times, Asia Argento, a #MeToo Leader, Made a Deal With Her Own Accuser


O documento apresenta o relato do Sr. Bennett:


Argento pediu que o membro da família saísse para que ela pudesse ficar sozinha com o ator. Deu-lhe álcool para beber e mostrou-lhe uma série de anotações que escrevera para ele em papel timbrado do hotel. Então ela o beijou, empurrou-o de volta na cama, tirou suas calças e fez sexo oral. Ela subiu em cima dele e os dois tiveram relações sexuais, diz o documento. Ela então pediu a ele para tirar várias fotos.

- Ibid 



Quando foi levado de volta para a casa de seus pais, Bennett começou a se sentir "extremamente confuso, mortificado e enojado".

Uma "Relação Mãe-Filho"

Documentos legais afirmam que Argento, que é divorciada e tem dois filhos, era uma mentora e uma figura materna de Jimmy Bennett. Seu advogado Gordon K. Sattro escreveu:


"A impressão de Jimmy sobre essa situação foi que um relacionamento entre mãe e filho floresceu a partir de sua experiência no set juntos".


Posts de mídia social entre os dois mostram que eles se referem um ao outro como "mãe e filho". 
Neste post do Instagram, que foi tirado logo após o 
abuso, Argento se refere a Bennett como "meu filho".

Maldito Coração

Bennett conheceu "sua mãe" em 2004 - aos 7 anos - quando foi escalado para o elenco do filme "Maldito Coração". No filme dirigido por Argento, Bennett desempenhou o papel de filho de uma prostituta viciada em drogas (interpretada por Asia Argento). O filho foi vítima de negligência e até mesmo estuprado pelo namorado.

Argento e Bennett em "Maldito Coração".

O filme também contou com os atores-mirins Cole e Dylan Sprouse, que fizeram o papel do filho de Asia aos 11 anos.

Cole e Dylan Sprouse são mais conhecidos como 
as estrelas da série da Disney "Zack e Cody".

Aqui está um resumo do que acontece com o personagem de Sprouse. Prepare-se para ficar horrorizado.


Sarah percebe que se ela quiser manter seus homens, ela não pode dizer que Jeremiah é seu filho. Ela então convence Jeremiah a se vestir com roupas de menina para que ele possa atuar como sua "irmãzinha", e Jeremiah também aprende as técnicas de sedução de sua mãe. Depois de vestir-se como uma versão "babydoll" de Sarah que consistia em sua maquiagem, sua camisola branca e seus sapatos vermelhos de salto alto, Jeremiah seduz Jackson (Marilyn Manson), o último homem de sua mãe, que inicialmente tenta rejeitar os avanços do menino, mas depois cede. Sarah fica furiosa com Jackson por ceder aos avanços do menino e com Jeremiah por arruinar sua calcinha com gotas de sangue, e ela pega Jeremiah e sai.


Dylan Sprouse vestido como uma mini-
prostituta em "Maldito Coração". 

 Asia com as crianças que 
fizeram o papel de Jeremiah.

 Argento e Bennett aos 7 anos.

Leia os Sinais

No artigo O Mundo Oculto de Asia Argento, destaquei as claras conexões da atriz com a elite oculta e o satanismo. Eu também incluí imagens bizarras envolvendo seus filhos.

Asia postou no Instagram uma 
foto de sua filha e uma espiral.

A espiral é muito semelhante a um símbolo usado para
 identificar pedófilos, como visto no arquivo do FBI.

Esta é uma cena do filme da Disney "O Voo do Navegador", de 1986,
 sobre um garoto abduzido por uma nave alienígena. Dá pra ver claramente 
esse símbolo da espiral na escada da nave também. Nesta cena, o alienígena
representado por um "olho" robótico, observa menino urinar de um jeito
 estranho, deixando o garoto incomodado... ao mesmo tempo em que
 aparece o símbolo da espiral na escada - cena pedófila!

Asia também postou esta imagem no Instagram. No primeiro 
artigo, perguntei por que ela postaria essa imagem específica.
 À luz das recentes acusações, agora sabemos o porquê.

Conclusão

Asia Argento cresceu no mundo doentio da elite oculta. Ela assimilou completamente sua filosofia satânica e sua forte tendência de atacar e abusar de crianças. As acusações de Jimmy Bennett são provavelmente apenas a ponta do iceberg. É hora de uma investigação policial completa sobre Asia Argento e toda a sua comitiva.

The Vigilant Citizen

Veja Mais
O Mundo Oculto de Asia Argento - A Namorada de Anthony Bourdain
Anthony Bourdain: Outra Celebridade Morta por Enforcamento