O SIGNIFICADO OCULTO DE KATY PERRY "HEY HEY HEY"

O vídeo de Katy Perry "Hey Hey Hey" é mais uma dica de como a indústria controla seus artistas - por meio da programação monarca. Aparentemente, o vídeo traz apenas referências a personagens históricos, como Joana d'Arc e a rainha Maria Antonieta. No entanto, quando analisamos os símbolos que acompanham o contexto, percebemos que a narrativa do vídeo conta uma outra história: a triste ilusão de uma escrava monarca que sonha em se libertar, porém o final é sempre o mesmo: o escravo LEIA O RESTANTE AQUI

, ,

"Belluminati": Será que a Taco Bell está trollando os Teóricos da Conspiração ou é a Elite brincando conosco?

[ segunda-feira, 15 de janeiro de 2018 | 0 comentários ]

A Taco Bell lançou alguns anúncios intitulados "Belluminati" que apresentam uma sociedade secreta assustadora e um monte de simbolismo Illuminati. Será que esse é um caso de um "marketing brilhante" ou é a elite brincando com a nossa cara?

A Taco Bell é conhecida principalmente pela sua comida pseudo-mexicana barata e diarreica. Na verdade, é o melhor lugar para se comer uma deliciosa carne com cobertura de sabor de queijo americano derretido. Oh, e depois ouvir o estômago roncar com apenas algumas mordidas de tacos de sabor Doritos - são pedidos desesperados de ajuda de um sistema digestivo aflito, e sinais de alerta de um próximo ciclone no banheiro! Na verdade, não demora muito para um estômago saudável perceber que esse influxo de carne de taco é realmente venenoso e, na tentativa de preservar a saúde geral, envia tudo voando pela extremidade traseira.

Esse leve inconveniente não impede que milhões de clientes parem em seus restaurantes locais e peçam um monte de tacos. Por quê? Bem, é aqui que as piadas param e as coisas ficam reais. A Taco Bell não é uma piada - ela faz parte de uma gigantesca corporação que alimenta uma grande parte do mundo. E aqueles que a possuem são extremamente poderosos.

O que é a Taco Bell?

A Taco Bell faz parte do grupo Yum!, uma mega corporação que também possui a KFC, a Pizza Hut e a Wingstreet. A página do LinkedIn da empresa ostenta:


"Como a maior empresa de restaurantes do mundo, o grupo Yum! tem mais de 43.500 restaurantes em mais de 135 países e territórios e mais de 1,5 milhão de associados em todo o mundo. As marcas da empresa - KFC, Pizza Hut e Taco Bell - são líderes mundiais das categorias de alimentos para frango, pizza e estilo mexicano".


Um banner promovendo a Yum! encontrado na página do
 LinkedIn da empresa. Ela está literalmente alimentando o mundo.

Esta imagem é apresentada diretamente na página do 
grupo Yum!. Sinal do "um olho" = propriedade da elite.

A empresa Taco Bell é 100% propriedade da elite mundial. Seus proprietários fazem parte de organizações de elite supra-nacionais como a Comissão Trilateral, o Conselho de Relações Exteriores e o grupo Bilderberg. O gigantesco orçamento, a influência política e a fortaleza da empresa sobre os produtores agrícolas tornam a decisão importante de como os alimentos são produzidos e como as pessoas são alimentadas.


"O grau de concentração na indústria de fast food significa que as corporações podem firmar um grande controle sobre os preços dos produtos e, portanto, lucrar. Por exemplo, os agricultores e fazendeiros dos Estados Unidos colocam preços de "Terceiro Mundo" para seus produtos. Isso ocorre porque as empresas gigantes de processamento de alimentos podem impor preços baixos aos produtores diretos, porque os subsídios governamentais mantêm os fazendeiros à tona e porque uma parcela crescente do valor total dos alimentos não é para os produtores primários, mas para os intermediários e para aqueles que realizam o processamento cada vez maior de alimentos. Uma vez que os seres humanos tendem a desejar açúcar, gordura e sal, o processamento de "valor agregado" significa essencialmente a adição de insumos baratos, mas semi-aditivos. Os lucros dos processadores de alimentos aumentam dramaticamente à medida que as pessoas se tornam viciadas em quantidades cada vez maiores de alimentos ricos em "calorias vazias". (...)

No entanto, os americanos continuam comendo fast food. É porque eles desconhecem o impacto disso na saúde dos seres humanos e do meio ambiente? Esse é talvez um dos motivos, mas aqui estão outros:
  • Alimentos com muita gordura, açúcar, cafeína e sal têm gosto bom e/ou modifica o humor até o ponto de ser ligeiramente viciante.
  • Os hábitos alimentares são formados numa idade jovem e o marketing e a publicidade da indústria de fast food visam os jovens.
  • As pessoas com baixos rendimentos muitas vezes só podem pagar fast food.
  • O ritmo de vida exige que as pessoas comam correndo.
  • Os restaurantes de fast food estão em todos os lugares e muitas vezes monopolizam certos espaços, como locais esportivos, postos de combustível de rodovias expressas, escolas, aeroportos e shoppings, dando pouca escolha.
  • O fluxo de publicidade de fast food é implacável. 
  • A compulsão alimentar é aumentada por antidepressivos, que agora são amplamente utilizados.
  • O vazio interno que acompanha o consumismo pode ser convenientemente preenchido pelo onipresente fast food.  
– Political Economy and Global Capitalism: The 21st Century, Present and Future


Portanto, enquanto os anúncios da Taco Bell se divertem com as conspirações sobre grupos de elite que controlam o mundo, os donos da empresa fazem parte de um grupo de elite que controla o mundo.

Belluminati

O Knowledge is Power existe há oito anos, ou seja, já estava online antes dessa coisa toda de "Illuminati" se tornasse um meme mainstream, e está aqui até hoje, à medida que essa tendência desaparece. No início desta década, uma geração de pessoas descobriu que os símbolos em torno deles realmente trazem um profundo significado simbólico e revelavam a verdadeira natureza daqueles que estão no poder. Essa verdade simples e verificável trouxe uma nova era de consciência pública e um novo gosto por pesquisa e busca da verdade. Claro, a elite odiou tudo isso. Não demorou muito até que os senhores da mídia de massa "mexessem os pauzinhos" e transformassem todas as pesquisas sobre a elite oculta numa piada idiota. A campanha funcionou como planejado: a palavra "Illuminati" (que tinha sido há séculos usada para descrever uma sociedade secreta real) agora é automaticamente associada a memes estúpidos pela maioria das pessoas. 

Os comerciais "Belluminati" são uma continuação desse esforço. Os anúncios usam fatos reais, símbolos e conceitos associados à elite para transformá-los numa piada ao vender lixo barato para as massas. Veja o que está acontecendo.

Primeiramente, o logotipo "Belluminati" é o próprio logotipo da Taco Bell dentro de um triângulo.

O logotipo "Belluminati".

O logotipo aborda a teoria antiga de que o interior do sino é na verdade um olho reptiliano.

Um meme antigo sobre o logotipo. 

O anúncio começa a mostrar um cara estranho com olhos reluzentes.

O velho é um transumano - um humano que se fundiu com um robô. 
O transhumanismo é uma parte importante da agenda de elite.

O transumano escaneia a cédula, destacando o Selo da Reserva Federal. 
Além disso, o olho da Taco Bell aparece no rosto de George Washington.

No interior, o local de encontro dos Belluminati está cheio de figuras mascaradas e encapuzadas, uma alusão aos bailes do estilo "De Olhos Bem Fechados" que a elite adora.

A festa parece um vídeo de música com temas Illuminati, com o logotipo 
projetado em uma capa vermelha. Há uma pessoa usando uma coroa de raios
 de sol (que remanesce da iconografia esotérica) e, à esquerda, uma cabeça de
 animal com chifres que remete um pouco a Baphomet. Além disso, eles estão
 comendo burritos. Espero que os banheiros estejam próximos.

Aqui, Pessoas misteriosas com capas vermelhas e um holograma da 
terra - implicando que eles estão dominando secretamente o mundo. O
 design do teto acima do globo forma uma estrela de seis pontas, também
 conhecida como a Estrela de Davi ou Selo de Salomão.

O destaque proeminente na festa é uma pintura impressionante de 
George Washington fazendo o sinal Roc, popularizado por Jay-Z. 

O sinal Roc é sempre mencionado aqui, visto que isso representa uma ligação com a elite oculta.

Jay-Z fazendo o sinal Roc com o olho dentro do triângulo, formando
 efetivamente o símbolo Illuminati. Roc é uma abreviação de Rockefeller -
 uma das famílias mais proeminentes da elite mundial. 

O sinal também aparece em lugares estranhos, não relacionados a 
Roc, como essa foto de Gloria Steinheim numa campanha pró-aborto.

Esse sinal é conhecido como Mãos Kohanim 
da Bênção Sacerdotal no Judaísmo. 

Eles podem pensar: "Desenharam o George Washington fazendo o sinal Roc, apenas porque é engraçado e mais nada". Sim, isso é realmente hilário. Eu engasguei com o meu burrito quando vi isso. No entanto, George Washington era realmente um maçom de alto nível e a maior parte da arte o representando está repleta de simbolismo maçônico.

A pintura "George Washington como Maçom" apresenta 
o primeiro presidente dos EUA cercado por todos os símbolos
 maçônicos conhecidos pelo homem. 

Embora a pintura de Washington seja uma piada, ela ao mesmo tempo não é uma piada. Ele era um membro de alto nível de uma sociedade secreta proeminente e toda a sua vida e legado foram profundamente influenciados pelos princípios maçônicos.

Outro item que é profundamente influenciado pelos princípios maçônicos? O Grande Selo dos Estados Unidos.

O comercial mostra a pirâmide inacabada no dólar, destacando
 cada degrau usando palavras como "tortilla". Essa cena se diverte
 com as "teorias" em torno do número de degraus na pirâmide.

Pessoas comuns assistindo a esse anúncio podem pensar "Olha esses teóricos da conspiração contando até os degraus da pirâmide!". Enquanto essas pessoas recebem sua educação dos anúncios da Taco Bell, livros escritos por pessoas que conhecem esses assuntos existem e eles claramente explicam o significado desses símbolos. Manly P. Hall, um maçom de 33º grau, e proeminente ocultista descreve o Grande Selo dos Estados Unidos:



"O misticismo europeu não estava morto no momento em que os Estados Unidos da América foram fundados. A Mão dos Mistérios controlava o estabelecimento do novo governo, pois a assinatura dos Mistérios ainda pode ser vista no Grande Selo dos Estados Unidos da América.(...)

O significado do número místico 13, que frequentemente aparece no Grande Selo dos Estados Unidos, não se limita ao número das colônias originais. O emblema sagrado dos antigos iniciados, aqui composto de 13 estrelas, também aparece acima da cabeça da "águia". O lema, E Pluribus Unum, contém 13 letras, assim como a inscrição, Annuit Coeptis. A "águia" agarra em sua garra direita um ramo que leva 13 folhas e 13 frutinhas e na sua esquerda um feixe de 13 flechas. A pirâmide consiste em 72 pedras dispostas em 13 linhas".

– Manly P. Hall, The Secret Teachings of All Ages


Mais uma vez, o anúncio tira sarro das pessoas que realmente conhecem sua própria história.

Conclusão

O objetivo de cada marqueteiro é criar anúncios que se tornem virais e que façam as pessoas comentarem depois. A Taco Bell obviamente conseguiu e, sim, este artigo acrescenta a essa discussão. No entanto, há mais em jogo aqui. Não muito diferente dos meus artigos anteriores, analisando anúncios, muitos comerciais feitos por grandes marcas não vendem simplesmente um produto, eles vendem a agenda dos donos dessas empresas.

Há anos, tem existido uma agenda clara na mídia de massa para desacreditar todas as pesquisas do tipo "Illuminati" e ridicularizar aqueles que discutem sobre isso. Além disso, há um esforço claro para espalhar desinformação [conspirações falsas e ridículas] e tornar tudo completamente confuso. Os anúncios da Taco Bell são parte dessa agenda. Ao misturar vários símbolos Illuminati com piadas relacionadas a taco, os anúncios transformam o assunto em ficção, fazendo com que pessoas comuns e inconscientes associem tudo que foi retratado nos anúncios como pura fantasia. Além disso, sob o pretexto do ridículo, os anúncios na verdade expõem as massas descaradamente a mais do mesmo simbolismo que foi destacado neste site há anos, fazendo disso parte da cultura popular. Em suma, os anúncios da Taco Bell são diarreia para a mente.

Fonte: The Vigilant Citizen

Veja Mais
Comercial da Kenzo celebra o Controle Mental Illuminati
Simbolismo Maçônico no Comercial Brasileiro da MasterCard


, ,

O Significado Oculto de Katy Perry "Hey Hey Hey"

[ segunda-feira, 8 de janeiro de 2018 | 11 comentários ]

O vídeo de Katy Perry "Hey Hey Hey" é mais uma dica de como a indústria controla seus artistas - por meio da programação monarca. Aparentemente, o vídeo traz apenas referências a personagens históricos, como Joana d'Arc e a rainha Maria Antonieta. No entanto, quando analisamos os símbolos que acompanham o contexto, percebemos que a narrativa do vídeo conta uma outra história: a triste ilusão de uma escrava monarca que sonha em se libertar, porém o final é sempre o mesmo: o escravo continua escravo. Esse vídeo também parece contar a história de Katy Perry no ano de 2017.

Veja a análise do vídeo para entender:


Veja Mais


Imagens Simbólicas (novembro & dezembro/17)

[ domingo, 31 de dezembro de 2017 | 8 comentários ]

A apresentação de Camila Cabello no EMA 2017 teve um olho gigante no palco. 
Há algumas postagens atrás, havíamos dito que ela estava sendo tratada como uma 
grande promessa na indústria, e parece que isso está se concretizando. À medida que 
Camila adere ao "um olho", vemos seu nome crescer cada vez mais na mídia.

Nessa  mesma apresentação, Camila Cabello vestia vermelho - a
 cor do sacrifício e da iniciação. A performance pareceu um "ritual
 de iniciação" introduzindo Camila ao lado oculto da indústria.

Zendaya foi à premiere australiana de "O Rei do Show" com este vestido de
 borboleta monarca: o principal símbolo associado à programação monarca.

Zendaya já apareceu em 2016 neste ensaio para a revista
 Complex também em meio a referências ao controle mental.

Gwen Stefani durante um evento de Natal em Londres
 e um gigante pentagrama invertido no abdômen.

A capa que ela está vestida também contém vários 
pentagramas invertidos. Observe a capa do álbum dela
 de Natal no fundo: ela esconde um olho.

Gigi Hadid escondendo um olho de novo
 em nova foto postada em seu Instagram.

Ainda em seu Instagram, ela postou esta foto que estará no seu ensaio para 
a revista Vogue Alemanha de Janeiro. Um traje repleto de borboletas numa
 modelo Illuminati e numa revista Illuminati = controle mental monarca.


Gigi Hadid também lançou sua nova
 coleção de sapatos e advinha... UM OLHO.


Ela até mesmo está usando anéis de "um olho".


No vídeo promocional dessa coleção, ela
 entra dentro desta porta repleta de olhos.


E no final, vemos 3 Gigis. Será que são suas 3 alter-personas?


A coleção Dior Croisière 2018 conta
 com este pentagrama invertido.


São vários itens e acessórios com o mesmo símbolo.


 Poppy com o "olho que tudo vê" no peito. Seus vídeos são todos
macabros e cheios de referências à programação monarca.

 Nesta imagem, Poppy está coberta por um véu cheio de
 borboletas monarcas, uma delas está cobrindo "um olho" seu. 

Sinal do "um olho" novamente.


Capa do álbum do cantor Thomas Kluz da República Checa.
O "um olho" está por todos os lados, cruzando fronteiras.


Sam Smith também está se juntando ao grupo do "um olho".

Mais uma vez... e até o infinito...

Agradeço a todos que colaboraram enviando imagens ou outras sugestões em 2017.

Veja Mais

,

Bryan Singer é Novamente Acusado de abusar de um Garoto de 17 Anos

| 4 comentários ]

O diretor dos filmes "X-Men", Bryan Singer, está sendo processado por supostamente estuprar um menino de 17 anos durante uma festa num iate. 

De acordo com o processo, o autor Cesar Sanchez-Guzman afirma que não sabia quem era Bryan Singer no momento dos eventos. Ele o conheceu no verão de 2003 em uma festa dada por Lester Waters em um iate - um "investidor de tecnologia rico que frequentemente dava festas para jovens gays na região de Seattle".


Cesar-Guzman disse que participou de uma festa na casa de Waters e foi convidado a passar a noite para que ele pudesse se juntar ao anfitrião em seu iate no dia seguinte. "Eu tinha 17 anos e estava animado", disse Sanchez Guzman. "Eu nunca tinha estado em um iate antes. Estávamos consumindo álcool, apesar de sermos menores de idade".

De acordo com Sanchez-Guzman, as festas de Waters eram conhecidas em toda a comunidade gay de Seattle por duas coisas: uma abundância de meninos menores de idade e álcool.

"A comunidade gay de Seattle estava muito consciente dessas festas", disse ele. "Era uma casa grande e o homem dono da casa fornecia as bebidas - era legal para nós, porque podíamos beber".

"Eu diria que 80 por cento dos meninos que estavam lá tinha menos de 18 anos", disse ele. "Quando essas pessoas completavam 18 anos, elas paravam de ir a essas festas porque podiam ir aos clubes".

– The Wrap, Bryan Singer Accuser Speaks Out: ‘A Weight Has Been Taken Off My Back’


O processo explica em detalhes gráficos o encontro do autor da ação com o cantor.


A ação alega que Singer ofereceu levar Guzman, que tinha 17 anos no momento, a um passeio pelo iate. Quando eles chegaram a um dos quartos, a ação alega que Singer pressionou seu corpo contra Guzman, forçou-o contra o chão, encostou o rosto de Guzman contra sua virilha e exigiu que fizesse sexo oral.

A ação diz que Singer tirou o pênis, bateu no rosto de Guzman com ele e forçou-o a colocar na boca. Guzman afirma que ele pediu a Singer para parar, mas ele continuou... fazendo-o engasgar.

A ação ainda alega que Singer então forçosamente realizou sexo oral em Guzman. Guzman diz que ele novamente pediu a Singer para parar, sem sucesso. Ele diz que Singer então o penetrou forçosamente, tudo enquanto ignorava os pedidos de Guzman.

O processo, arquivado pelo advogado Jeff Herman, afirma que Singer mais tarde se aproximou de Guzman, disse que era um poderoso produtor de Hollywood e que ele poderia ajudar Guzman a atuar se ele se calasse. Guzman diz que Singer o advertiu que ninguém acreditaria nele, e que poderia contratar pessoas para arruinar sua reputação.

– TMZ, SUED FOR ALLEGEDLY SEXUALLY ASSAULTING 17-YEAR-OLD BOY


O advogado do cantor Andrew Brettler respondeu às alegações:


"Bryan categoricamente nega essas alegações e defenderá veementemente este processo até o fim... Quando Sanchez-Guzman pediu falência apenas alguns anos atrás, ele não divulgou essa alegação quando ele deveria identificar todos os seus bens, mas convenientemente, agora que o tribunal de falências liberou todas as suas dívidas, ele pode recordar os alegados eventos".

"O advogado por trás desse processo é o mesmo advogado que representou Michael Egan, que processou Bryan Singer em 2014. No final, Egan foi forçado a descartar esse caso, uma vez que os fatos surgiram e sua história completamente se desfez.


Não é a Primeira Vez

Em 1997, um ator de 14 anos chamado Devin St. Albin apresentou uma ação judicial contra Singer alegando que o cineasta havia ordenado que ele e outros menores se despissem para uma cena que foi filmada nos chuveiros de um vestiário escolar.

Em 2014, o aspirante a modelo Michael Egan apresentou uma ação que dizia que:


"Bryan Singer manipulou seu poder, riqueza e posição na indústria do entretenimento para abusar e explorar sexualmente do autor menor de idade através do uso de drogas, álcool, ameaças e incentivos, o que resultou em que o autor sofreu feridas psicológicas e emocionais catastróficas".


O processo também acrescentou que:


"O acusado Singer fez isso como parte de um grupo de homens adultos, posicionados de forma semelhante na indústria do entretenimento, que mantiveram e exploraram meninos em uma rede sexual sórdida".


Mais tarde naquele ano, um segundo acusador apresentou um processo de abuso contra Singer e contra o executivo de entretenimento Gary Goddard. O homem afirmou no processo que Singer o acariciou e tentou forçá-lo a fazer sexo quando tinha 17 anos.

Em todas as ocasiões, Singer negou as alegações e as ações judiciais caíram por vários motivos. Este é o quarto processo contra Singer.

Uma coisa é certa, não há escassez de fotos de Bryan Singer festejando com meninos adolescentes. 

Aqui, Singer está vestido como um sacerdote católico... na época 
em que foi acusado ​​de abusar de menores. Quão apropriado!



Singer também foi mencionado no documentário "An Open Secret", que afirma que ele participava de festas realizadas por Marc Collins-Rector, onde meninos menores de idade estavam presentes.

Além disso, o seriado "Uma Família da Pesada" mencionou isso há algum tempo.

Em notícias possivelmente relacionadas, Singer foi recentemente demitido da filmagem de "Bohemian Rhapsody" devido a "um padrão de comportamento não confiável no set". Será que a demissão foi devido a esse quarto processo contra ele?

Fonte: The Vigilant Citizen

Veja Mais


Por que Há Pinturas sobre Abuso Ritualístico em Exibição no Tribunal de Las Vegas

[ sexta-feira, 29 de dezembro de 2017 | 1 comentários ]

Pinturas perturbadoras que representam várias cenas de abuso ritualístico estão em exibição perto da entrada do Tribunal Federal Lloyd George em Las Vegas.

O site oficial do Tribunal Distrital dos Estados Unidos de Nevada afirma:


"A pedra angular do sistema judicial americano são os tribunais de julgamento... nos quais as testemunhas testificam, os jurados deliberam e a justiça é feita". 

- William H. Rehnquist, Chefe de Justiça dos Estados Unidos


Se for esse o caso, por que há pinturas de pássaros que violentam pessoas sendo exibidas no Tribunal de Las Vegas?

Segundo Redoubt News:


Essas pinturas foram penduradas na parte frontal do tribunal, ao lado da entrada principal. (...) Elas foram criadas por estudantes locais do Ensino Médio. O professor disse a um dos reclamantes: "Eles estão aprendendo que não se identifica pessoas pelos seus rostos".


O artigo afirma que ninguém no tribunal teve a responsabilidade de aprovar essas pinturas. Um olhar mais atento sobre essas pinturas revela que sua mensagem vai muito além de "não identifique as pessoas pelos seus rostos" (seja o que for que isso signifique). De fato, as pinturas estão repletas de imagens e simbolismos relacionados ao Abuso Ritualístico Satânico (SRA, em inglês) e ao controle mental baseado no trauma (conhecido como Programação Monarca). Eles contam uma história perturbadora de abuso na mão de pessoas extremamente malignas, o que me leva a duvidar de que elas foram mesmo feitas por estudantes do Ensino Médio.

Aqui estão as pinturas:

Um pássaro que violenta uma menina enquanto outro pássaro assiste.

Esta pintura retrata um unicórnio com as palavras REI MALIGNO. À direita 
estão dois pombos e a palavra IRMÃO. Sob o unicórnio, há um arco-íris (um
 símbolo do controle mental monarca) e abaixo a palavra CAMPONÊS.

Um unicórnio aparentemente abusando de uma pessoa debaixo de 
um arco-íris. Na programação MK, as vítimas do trauma são ditas
 para "ir além do arco-íris" para se dissociarem da realidade.

No simbolismo oculto, um unicórnio é um símbolo fálico (enfatizado por seu único chifre). Em mitos e lendas antigas, diz-se que o unicórnio "só pode ser domesticado por uma virgem".

Uma representação clássica de um unicórnio e uma virgem.

Será que o unicórnio (chamado Rei Maligno) está violentando as virgens?

Um pássaro violenta uma pessoa
 enquanto outro pássaro observa.

Uma pessoa usa uma máscara inspirada em médicos da peste. A pessoa à 
direita não tem máscara e está sem rosto. Será que as pessoas com máscaras 
representam vítimas de abuso que foram roubadas de sua personalidade núcleo?

O unicórnio (também conhecido como Rei Maligno) se entrelaça 
profundamente com uma pessoa. Será que isso representa um 
manipulador MK que controla todo o ser de um escravo dissociado?

Um pássaro violenta uma pessoa enquanto outro pássaro 
segura algo (para sufocar)? Atrás deles está uma pessoa que 
usa uma máscara. Outra vítima dissociada?

Essas pinturas são surpreendentemente semelhantes à arte de Kim Noble, uma sobrevivente da programação monarca.

A pintura de Noble "What Ted Saw" descreve o abuso de 
uma criança pequena enquanto outros "ajudam" e observam.

Duas meninas usando máscaras de
 peste e coroas irônicas. Duas vítimas.

Um manequim sem cabeça e desmembrado vestindo uma
 máscara. Uma maneira típica de representar escravos impotentes.

A pintura de Kim Noble, "Armless Goddess" retrata uma figura
 irremediavelmente impotente, ironicamente referida como uma deusa.

Três figuras ameaçadoras com cabeças de animais.

Uma pessoa mascarada segura algo que emite fumaça. No canto inferior direito
 está escrito: "Eu realmente gosto da fumaça pela história que isso conta". À esquerda,
 um contorno pálido de uma pessoa mascarada semelhante. No canto superior direito, 
uma pessoa sem cabeça que parece estar derretendo. Será que esta pintura 
refere-se ao uso de drogas para programar os escravos dissociados?

Conclusão

A série de pinturas expostas no Tribunal Federal Lloyd George parece contar uma história horrível de abuso ritualístico. O manipulador principal é representado por um unicórnio (um símbolo fálico) chamado "Rei Maligno". Mais abusos são cometidos por aves com corpos humanos. O fato de que os abusadores são animais provavelmente alude ao fato de que os escravos dissociados têm pouco ou nenhum contato com a realidade. Em todas as pinturas, os escravos aparecem completamente fora de si ou desmaiados.

Esses escravos são representados como figuras sem rosto que usam máscaras, representando sua personalidade núcleo sendo substituída por um alter-persona criado pelos manipuladores. As máscaras usadas pelos escravos se assemelham àquelas usadas em bailes de máscara ao estilo "De Olhos Bem Fechados", onde indivíduos de elite participam da cópula ritualística.

O objetivo da programação Monarca é causar trauma tão intenso que força os escravos a dissociar-se da realidade como um mecanismo de defesa natural. As pinturas no tribunal de Las Vegas descrevem exatamente esse processo usando simbolismo perturbador. Por que essas pinturas horríveis são exibidas em um prédio do governo dedicado ao direito e à justiça?

Fonte: The Vigilant Citizen

Veja Mais
"Desenhos Secretos" de Michael Jackson revelam Referências ao Controle Mental
NXIVM: A Seita Poderosa que trasforma Mulheres Ricas em Escravas de Controle Mental