,

O que está acontecendo com Céline Dion?

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019 9 comentários

Céline Dion vem fazendo manchetes por todos os tipos de razões estranhas, já que sua carreira e toda a sua personalidade tomaram um rumo radical. O que está acontecendo com a Céline Dion?


De vez em quando, uma celebridade assume o foco das notícias por uma série de razões estranhas ou embaraçosas. Nos últimos anos, publiquei artigos intitulados O que está acontecendo com Shia LaBeouf? e O que está acontecendo com Katy Perry?, que destacaram padrões semelhantes. Aparentemente, agora é a vez de Céline Dion. De fato, a diva franco-canadense atraiu a atenção da mídia por todos os tipos de razões estranhas nas últimas semanas, levando alguns a até mesmo questionar seu bem-estar.

Para começar, suas inúmeras saídas ​​à mídia não é muito o perfil de Céline, pois ela passou toda a sua carreira evitando eventos relacionados ao show business. Em 2012, em meio à morte prematura de Whitney Houston, Céline Dion chegou a admitir sua desconfiança na indústria do entretenimento, porque ela poderia destruir vidas.


"Eu tenho medo do show business, tenho medo de drogas, tenho medo de sair, e é por isso que eu não vou a festas e saio, e é por isso que eu não faço parte do show business. Temos que ter medo. Eu sempre disse que você tem que se divertir e fazer música e nunca pode fazer parte do show business, porque você não sabe no que vai se meter. Você tem que fazer o seu trabalho e sair de lá." 

– E-News, Céline Dion Remembers Whitney Houston: “Drugs,” “Bad Influences Took Over”


Desde a morte de seu marido e empresário René Angélil em 2016, a “proteção” de Céline contra a indústria parece ter desaparecido. Nos últimos dois anos, ela participou de todos os tipos de eventos de show business, festas, projetos de moda e outros eventos relacionados à mídia.

Visto que Céline é aparentemente uma “amante da alta costura”, seus passeios bizarros podem ser atribuídos à “excentricidade da alta moda”.

 Estranho, mas tudo bem.

No entanto, as coisas recentemente tomaram um rumo estranho. É como se ela tivesse sido dita pela elite da indústria, que ela evitou durante toda a sua carreira: "Junte-se a nós ou perca tudo". E quando Céline associou seu nome à marca de moda israelense NUNUNU para criar uma linha de roupas “sem gênero” para as crianças, as coisas pararam de ser legais ou engraçadas. 

CÉLINUNUNU

No vídeo intitulado A Perturbadora Coleção de Roupas Sem Gênero de Céline Dion, eu analisei o simbolismo perturbador em torno da NUNUNU e seu marketing online. Acredite ou não, as imagens no site e no Instagram referem-se diretamente ao satanismo, ao abuso infantil e ao controle mental. O anúncio em vídeo para a marca CÉLINUNUNU também foi um trabalho perturbador.

 No bizarro anúncio CÉLINUNUNU, Céline começa dizendo “Nossos 
filhos não são realmente nossos filhos”. Ela então entra em uma maternidade
 e muda o visual dos bebês de outras pessoas com roupas CÉLINUNUNU.
 É estranho. 

Desde a publicação do meu vídeo sobre CÉLINUNUNU, a marca publicou imagens mais perturbadoras envolvendo crianças em cenários bizarros. Aqui estão algumas delas.

 Crianças de aparência triste usando camisetas de
 "Nova Ordem" de aparência opressiva... como 
em "Nova Ordem Mundial". 

Esta menina está vestida para assistir a um "baile de 
máscaras" de elite. Originalmente, os convidados usavam máscaras 
nesses bailes para preservar o anonimato enquanto se entregavam 
a comportamentos depravados. Por que essa criança está usando 
essa máscara? Isso parece Abuso Ritualístico Satânico.

Após o lançamento da CÉLINUNUNU, Céline deu uma entrevista na CNN com os criadores da marca Iris Adler e Tali Milchberg. A entrevista é... estranha.


Céline Dion é a mentora por trás desse empreendimento de roupas? Claro que não, a marca existe há anos. Céline está simplesmente sendo usada para vendê-la. E quando alguém é usado pela elite, você pode contar com a mídia que pertence à elite para ajudar a divulgar. Especialmente se houver alguma insalubridade acontecendo.

Sob os Holofotes da Mídia

Como dito no começo do artigo, parece ser a vez de Céline estar sob os holofotes da mídia. Ela está em todo lugar. Por exemplo, a recente viagem de Céline a Paris foi notícia por todos os tipos de motivos. Primeiro, seu físico escanzelado (combinado com uma roupa estranha) levou algumas pessoas a perguntar: ela está bem?

A mídia celebrou Céline como a 
“rainha” da Paris Couture Week. 

A aparência extremamente magra de Céline levou 
algumas pessoas a questionar sua saúde física e mental.

Ser parte da indústria está causando dano nela? Quando perguntada sobre seu peso, Céline ficou um tanto na defensiva. Durante uma entrevista para o The Sun, ela disse:


"Se eu gosto, não quero falar sobre isso. Não se incomode. Não tire uma foto. Eu estou fazendo isso por mim. Eu quero me sentir forte, bonita, feminina e sexy. Se você gosta, eu estarei lá. Se você não gosta, me deixe em paz."


Céline também foi notícia por causa de algumas fofocas: a cantora de 50 anos é frequentemente vista com o dançarino de 34 anos, Pepe Muñoz. É claro, isso foi um prato cheio para os tabloides dizerem que eles estão em um relacionamento.

Céline  Dion e Pepe Muñoz no Paris Corture Week. 
Ela afirmou que eles são apenas "melhores amigos".

Se os dois estão ou não em um relacionamento, isso não é um fato no qual estou realmente interessado. No entanto, isso é apenas o tipo de fofoca necessária para alimentar uma tempestade perfeita na mídia. Algumas publicações surgiram com declarações dizendo “Deixe a Céline em paz!”, argumentando que seu peso e relacionamentos não são da conta de ninguém. No entanto, esses sites estão apenas sendo hipócritas, já que seus “artigos” apenas amplificam essa tempestade na mídia.

Para provar que há de fato uma tempestade na mídia, dois anúncios importantes relacionados à Céline foram feitos nos últimos dois dias: um filme biográfico de US$ 23 milhões intitulado "The Power of Love" será lançado em 2020. No dia seguinte, Céline se tornou a nova cara da L'Oréal Paris.

Céline usando um moletom "Eu valho a pena" 
para uma campanha publicitária da L'Oréal Paris. 

Conclusão

Os dias em que Céline estava “com medo” do show business estão claramente acabados. Ela foi pega por ele e agora é o centro de uma tempestade de mídia clássica criada artificialmente. Embora Céline costumasse ser apenas sobre a música, ela agora está sendo usada para promover agendas específicas. Sua marca CÉLINUNUNU é sobre a criação de uma “nova ordem” de crianças sem gênero. Será que ela vai continuar indo mais fundo na indústria? Porque, em suas próprias palavras: "Você nunca pode fazer parte do show business, pois você não sabe no que vai se meter".

Fonte: The Vigilant Citizen

Veja Mais
A Perturbadora Coleção de Roupas Sem Gênero de Céline Dion
O que está acontecendo com Eminem?


,

O Lado Negro da Disney Exposto

quarta-feira, 30 de janeiro de 2019 3 comentários

Muitos pesquisadores alternativos afirmarão com absoluta certeza que a Disney tem uma associação complexa com o recrutamento e a programação de vítimas de controle mental. Alguns dirão até mesmo que a Disney, incluindo seus parques temáticos, é um grande centro de programação MKULTRA, e todo o resto é apenas uma máscara. O que está por trás do "mundo encantado da Disney"? Assista ao vídeo abaixo:


Veja Mais


, ,

O que está acontecendo com Eminem?

terça-feira, 22 de janeiro de 2019 4 comentários

Eminem é um dos artistas de maior sucesso dos últimos tempos, e ao mesmo tempo, um dos mais polêmicos. No início de sua carreira, suas letras de música chocavam o público. Elas sempre  estiveram repletas de insultos e todo tipo de controvérsia. Essa é a razão pela qual ele se tornou um dos maiores nomes da indústria. Mas um outro aspecto, não muito mencionado sobre Eminem, sempre esteve presente em seu trabalho: o satanismo e o mundo perturbador de um escravo de controle mental. Mas o que aconteceu com Eminem nos últimos anos?


Veja Mais
6 Sinais do MKULTRA [Documentário Legendado]
"Framed": Eminem se torna um Serial Killer de Mente Controlada


A Exploração do "Menino Drag" Desmond is Amazing

terça-feira, 15 de janeiro de 2019 25 comentários

Desmond é um artista drag de 11 anos que se tornou um queridinho da mídia tradicional. No entanto, depois de um vídeo dele se apresentando em um clube gay para receber dinheiro apareceu na Internet, um lado negro foi exposto. Será que Desmond está sendo explorado?

Desmond Napoles (também conhecido como Desmond is Amazing) é um artista drag de 11 anos que chegou à fama devido às suas aparições na televisão, revistas de moda e eventos relacionados ao LGBT. Ele se tornou um queridinho da mídia quando um vídeo dele dançando em uma parada do orgulho gay se tornou viral.

 Desmond dançando em uma 
parada do orgulho gay aos 8 anos. 

De acordo com seu site oficial, Desmond é um “garoto drag, performer, premiado ativista LGBT, jovem gay, modelo editorial, orador público, fundador de sua própria casa drag, designer de moda, musa e ícone”.

No entanto, apesar desses títulos elevados, muitos consideram que o trabalho de Desmond é abuso infantil e exploração por manipuladores adultos sem escrúpulos. A controvérsia em torno de Desmond chegou a outro nível quando um vídeo dele dançando em uma boate gay por dinheiro surgiu online, provocando um debate amargo na Internet e na mídia.

No centro de tudo isso está uma criança de 11 anos que foi exposta ao mundo drag desde que era um bebê.


Napoles se identifica como gay e afirma que ele se assumiu desde muito cedo. Os pais de Napoles afirmaram que com dois ou três anos de idade, eles entendiam que ele era um “provável gay” e o expuseram a uma variedade de cultura gay, incluindo mostrar a ele performances drag e levá-lo a paradas de orgulho. Os pais de Napoles afirmaram que ele era "abertamente gay" quando entrou no jardim de infância. A mãe de Napoles relata que ele começou a gravitar em direção a performances drag quando tinha dois anos e assistiu RuPaul's Drag Race. De acordo com os pais de Napoles, ele está no espectro do autismo e sua atividade drag o ajuda a aliviar os sintomas do distúrbio do autismo. 

- Wikipedia, Desmond Napoles 


Desmond está "se expressando" ou está sendo explorado? Um olhar para sua "carreira" fornece as respostas. Aqui estão alguns exemplos.

Um Vídeo do YouTube Com Um Assassino Condenado

Em 25 de dezembro de 2017, Desmond apareceu em um vídeo no YouTube com Michael Alig - o fundador e líder do Club Kids, um grupo de jovens frequentadores de clubes da cidade de Nova York, que se tornou um fenômeno cultural no final dos anos 80 e início dos anos 90.

Um print do vídeo do YouTube de Desmond com Michael Alig 
(à esquerda) e Ernie Glam (à direita). No quadro atrás deles há uma
 criança e a palavra Rohypnol - o nome de uma "droga de estupro”. 

A maioria das pessoas conhece Michael Alig por um motivo mais obscuro: o horrível assassinato de Angel Melendez em 1996, pelo qual ele cumpriu 17 anos de prisão por homicídio.


Na noite de 17 de março de 1996, Alig e seu colega de quarto, Robert D. "Freeze" Riggs, assassinaram Melendez depois de uma discussão no apartamento de Alig sobre muitas coisas, incluindo uma dívida de drogas de longa data. Alig alegou muitas vezes que estava tão drogado com drogas que a sua memória dos acontecimentos não é clara. 

De acordo com Riggs, ele bateu em Melendez um total de três vezes na cabeça com o martelo. Então Alig pegou um travesseiro e tentou sufocá-lo. Enquanto Melendez estava inconsciente, Riggs foi para a outra sala; quando ele voltou, notou uma seringa quebrada no chão. Riggs alegou que Alig estava derramando "algum produto químico ou limpador" na boca de Melendez, em seguida, passou fita adesiva nele com a ajuda de Riggs. Após a morte de Melendez, Alig e Riggs não sabiam o que fazer com o corpo. Eles inicialmente deixaram na banheira, que eles encheram de gelo. 

Depois de alguns dias, o corpo começou a se decompor e ficou mal cheiroso. Depois de discutir o que fazer com o corpo de Melendez e quem deveria fazê-lo, Riggs foi até a Macy's comprar facas e uma caixa. Em troca de 10 sacos de heroína, Alig concordou em desmembrar o corpo de Melendez. Ele cortou as pernas, colocou-as em um saco de lixo, cortou a cabeça e colocou em outra bolsa, e enfiou o resto em uma caixa. Depois, ele e Riggs jogaram a caixa no rio Hudson. 

- Wikipedia, Michael Alig


 A história de Alig inspirou o filme "Party
 Monster", de 2003, estrelado por Macaulay Culkin.

Alig foi liberto da prisão em 2014. Três anos depois, ele foi preso por invadir e fumar metanfetamina fora da Suprema Corte do Bronx em fevereiro de 2017. Poucos meses depois, Desmond se senta ao lado dele.

Mídia Tradicional

2018 foi um grande ano para Desmond, já que ele fez várias aparições na grande mídia.

Desmond foi apresentado 
no Good Morning America.

 Desmond no Today Show. 

Desmond também foi destaque em várias revistas de moda. Se você vê minha série de artigos Imagens Simbólicas, você reconhecerá instantaneamente alguns dos simbolismos ali.

Desmond faz o "sinal de 
um olho" na revista Volition.

 Desmond e o "sinal do um olho" na Refinery29. 

Refinery29 também apresentou um vídeo de Desmond dançando em um
 chão quadriculado com rosas vermelhas. Essa combinação exata de símbolos é
 extremamente significativa no mundo sombrio do Controle Mental Monarca. 

 baseado no trauma. Uma série de pinturas retrata o abuso de um escravo MK 
em um ambiente que apresenta intensos padrões dualistas e uma rosa.

 "Um olho" - posando na revista Blonde. 

 Um olho escondido na Out Magazine. Como afirmado 
em artigos anteriores, o "sinal do um olho" é usado para
 representar o controle da elite. 

Desmond fez parte de uma campanha publicitária da marca 
Gypsy Sport. Como você pode ver, ele modelou ao lado de algumas
 imagens bastante explícitas (eu até tive que censurar uma foto).

As contas de rede social de Desmond também são cheias de simbolismo.

"Conta de propriedade da mãe". 
Isso é tudo que você precisa saber.

 Cabelo descolorido, sobrancelhas desaparecidas, 
muita maquiagem e, claro, um olho escondido.

Desmond usa uma máscara com um buraco em um olho. A conta 
diz que a roupa foi inspirada no "ícone" drag Leigh Bowery. 

Leigh Bowery era conhecido por suas festas 
extravagantes, alimentadas por drogas, até morrer 
de uma “doença relacionada à AIDS” em 1994. 

 Desmond em um outdoor na Times Squares. 
Há um símbolo familiar desenhado em seu rosto. 

Dançando por Dinheiro

Como se a agenda dele não estivesse cheia o suficiente, Desmond também se apresenta em vários locais por dinheiro. Em dezembro passado, um vídeo de Desmond dançando na boate gay 3 Dollar Bill, no Brooklyn, apareceu na internet e causou indignação. Vestida com um top e maquiagem completa para se parecer com Gwen Stefani, Desmond dançou enquanto homens adultos jogavam dinheiro no palco... não muito diferente de uma stripper.

 Desmond coletando dinheiro durante sua 
performance em uma boate gay de Nova York.

 Apresentando-se com dinheiro no chão.

O evento foi fortemente promovido pela boate. 

A filmagem causou muita controvérsia, já que muitos acreditavam que nenhuma criança deveria estar se apresentando em uma boate, onde o álcool flui. Diante da reação, a mãe de Desmond levou o assunto para a mídia social para justificar a performance.


Como você pode ver, a mãe afirma que estar preocupado com o bem-estar de uma criança de 11 anos é “homofobia”. Isso faz sentido? E se fosse uma menina pequena que estivesse dançando na frente de homens heterossexuais? A indignação provavelmente teria sido dez vezes maior. Em outros posts, a mãe dele enfatiza o fato de que Desmond é autista, para justificar seu trabalho.

Haus of Amazing 

Recentemente, Desmond também fez notícia por um novo projeto “inovador”: Haus of Amazing, uma rede social na qual crianças drag podem compartilhar e se conectar. O site diz: “visto que a casa drag é restrita a membros com 20 anos ou menos, os membros podem se comunicar de forma livre e franca com seus pares sem a interferência frequente dos adultos”. 

Uma postagem do IG promovendo a rede social. 

Existe uma chance de que tal site atraia adultos “amantes de garotos”? Quero dizer... porque existem outros “meninos drag” lá fora e seus atos são ainda mais perturbadores. Aqui está um exemplo. 

Queen Lactatia 

Queen Lactatia, um menino canadense de 10 anos chamado Nemis Quinn Mélançon-Golden, também está sendo fortemente promovido na grande mídia. Eu não descreverei sua vida inteira. Você só precisa ver algumas postagens nas mídias sociais para entender que há algo terrivelmente errado acontecendo aqui.

 Como isso não é sexualizar um menor?

 Vamos falar sobre essa camisa.

Queen Lactatia posando com o vencedor
 do Ru Paul's Drag Race… que está nu.

Conclusão

Apesar de tudo mencionado acima, a grande cobertura da mídia de Desmond Is Amazing é esmagadoramente brilhante. Eu não encontrei uma fonte de mídia que sequer mencionasse algumas das coisas questionáveis associadas ao seu ato. Muito pelo contrário, todos os artigos e reportagens que encontrei celebram a “ferocidade” de Desmond e pintam seus pais como santos. Por que a cobertura em torno dele é tão "orwelliana"?

Desmond não é simplesmente um “menino que gosta de se vestir de drag”. Ele está sendo usado pela elite para impulsionar várias agendas, como a confusão de gêneros, a sexualização de crianças e a normalização da pedofilia. Para isso, ele está sendo empurrado para um mundo que deveria ser reservado exclusivamente para adultos que consentem. Qualquer outra coisa é abuso infantil.

The Vigilant Citizen

Veja Mais


, ,

Por Dentro do Baile Illuminati de Ano Novo em Nova York

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019 4 comentários

No dia 31 de dezembro de 2018, mais de 800 convidados comemoraram no ano novo em um “Baile Illuminati” com tema de elite oculta em Nova York. Fortemente inspirado pelo infame baile de máscaras realizado pela Baronesa de Rothschild em 1972, o baile Illuminati apresentava rituais sombrios, falsos sacrifícios humanos e "líderes" Illuminati em máscaras de animais ornadas. O evento também contou com elementos do filme "De Olhos Bem Fechados" enquanto convidados mascarados testemunhavam performances que misturavam erotismo com rituais esotéricos.


Não diferente dos verdadeiros bailes Illuminati realizados pela elite oculta, o evento aconteceu dentro de um suntuoso edifício: o Weylin, no Brooklyn, em Nova York.

 O Weylin, NYC 

Na chegada, os convidados selecionavam uma máscara na Sala de Máscaras e eram levados ao Salão de Baile, onde eram recebidos pelo “Barão de Rothschild”, também conhecido como o Rei Porco.

 O Rei Porco. 

O Rei Porco ficou em um círculo de mulheres 
camufladas - uma performance inspirada nas cenas
 de orgias do filme "De Olhos Bem Fechados".  

Acompanhando o Rei Porco estava sua esposa grávida, a “Baronesa de Rothschild”, que em um dado momento deu à luz uma criatura bizarra. 

A Baronesa grávida dá a luz a um porco.

Ambos os anfitriões estavam vestidos como o Barão e a 
Baronesa de Rothschild no infame baile de 1972. 

Durante toda a noite, rituais e “iniciações” aconteceram nas muitas salas e andares do prédio sob vários temas, como riqueza, amor, necessidades básicas, fama e respeito.  

Alguns “rituais” envolviam água em
 algo parecido com um batismo falso. 

 Muitas pessoas estavam de olhos vendados.

 Kamadhenu, a deusa da vaca, e suas quatro donzelas andavam 
por ali enquanto os convidados provavam seu leite. 

Claro, nenhum evento com o tema de elite estaria completo sem uma celebração do canibalismo. 

O evento incluiu um “bolo” humano - com o rosto
 de uma modelo, mãos e pés saindo de uma sobremesa 
em forma de corpo.

Fato estranho: O rapper Prodigy do grupo Mobb Deep foi aparentemente um grande fã das festas Illuminati anteriores.

Ao longo de sua carreira, Prodigy escreveu várias canções sobre os 
Illuminati e outros tópicos relacionados à sociedade secreta. Ele também
 escreveu uma música especialmente para promover o evento Baile Illuminati, 
que foi usada no vídeo promocional do evento. Prodigy morreu em 2017
 devido a um “engasgo acidental”. 

O Site Oficial


O logo do Baile Illuminati.

O site oficial do evento afirma:


O baile de máscaras de Ano Novo mais emocionante, surreal, único e imersivo do mundo.

Delicie-se com uma experiência surreal e inesquecível na véspera de Ano Novo, onde você será levado através de uma exploração do mito e mistério dos Illuminati por sirenes e marinheiros, sereias e vacas sagradas, barões e baronesas.

Explore os seus desejos mais profundos com ares ousados, fogo sem medo, dança provocativa e experiências interativas que se desenrolam continuamente ao longo de três andares alastrados em um enorme e impressionante monumento a riqueza e prosperidade, Weylin.


A FAQ do site contém algumas informações interessantes.


Estamos realmente sendo considerados os Illuminati?

Não. Esta é uma produção teatral imersiva sobre os Illuminati. Nós nos esforçamos para iluminar e entreter você.

Isso é uma festa de sexo?

Não. A noite será decadente e sensual e o show conterá alguma nudez, mas isso não é absolutamente uma festa de sexo.

Você está adorando o diabo?

Absolutamente não! Nós não estamos adorando o diabo. Nós não estamos sacrificando ninguém - nem nada. Somos pessoas amantes da paz que acreditam na natureza e na positividade. Queremos que as pessoas encontrem o caminho para seus sonhos e tratem todos os seres vivos com bondade.


Embora os organizadores afirmem que o evento não tem nada a ver com o 
ocultismo e o “culto ao demônio”, os símbolos projetados na festa eram sobre o 
oculto. A grande estrela invertida amarela é o símbolo da Ordem da Estrela do 
Oriente - o apêndice oficial “feminino” da Maçonaria. No canto superior direito 
está o 666 em forma circular. No canto inferior esquerdo está o sigilo 
de Lúcifer.

O site também contém uma estranha aba "Mandamentos", que é sobre as Pedras Guias da Geórgia.

 A seção “mandamentos” do site.

Os organizadores parecem ser grandes fãs das Pedras 
Guias da Geórgia que foram criadas pela elite oculta. 

A Organizadora

 Cynthia von Buhler

O evento foi organizado por Cynthia von Buhler - uma artista que é conhecida principalmente por seu trabalho como autora e ilustradora de livros infantis. Em 2001, von Buhler foi contratada por Steven Spielberg para ilustrar a história de Martha Stewart para "Once Upon A Fairy Tale (Viking)".

No entanto, a maioria das outras criações de von Buhler, que incluem pinturas, esculturas e “teatro imersivo”, estão longe de ser amigáveis ​​para as crianças.

Várias criações de Von Buhler estão cheias de simbolismo 
da Programação Monarca como esta pintura. 

 Programação monarca pura. 

Uma mulher que beija um homem com chifres e uma 
borboleta  sobre seus genitais. As palavras "Eu não sou anjo" 
estão impressas por toda parte. Programação monarca.

Ela também é a vocalista da banda Women of
 Sodom. Sodoma é uma cidade bíblica associada
 à “imoralidade sexual e coisas abomináveis”.

Conclusão

O Baile Illuminati é muito parecido com o baile de máscaras da UNICEF que foi descrito neste site há alguns meses. Ambos foram inspirados pelos Rothschilds e ambos atraíram indivíduos bem-sucedidos em uma versão diluída de rituais ocultos da elite. Assim como as crianças que “brincam de casinha” fingindo ser adultos, os convidados dessas festas participavam de falsos sacrifícios, canibalismo e rituais ocultos fingindo ser a elite oculta. 

Eu acho que o próximo passo seria realmente sacrificar crianças, comer humanos reais e realizar rituais de magia negra. Porque é isso que realmente acontece. 

The Vigilant Citizen

Veja Mais