YouTube vai lutar contra Vídeos de "Conspiração" usando a Wikipédia

sábado, 24 de março de 2018 Leave a Comment

O YouTube exibirá links para o Wikipédia e outros sites que se "baseiam em fatos" ao longo de vídeos sobre "teorias da conspiração".

Depois de desmonetizar milhares de canais (muitos relacionados a "conspiração"), o YouTube está agora tomando medidas adicionais para combater vídeos indesejáveis. A CEO do YouTube, Susan Wojcicki, anunciou na semana passada que a plataforma de vídeo em breve começará a exibir links para sites que se "baseiam em fatos" ao lado de vídeos de conspiração. Esses trechos de informações irão se conectar a artigos "respeitáveis" para combater histórias "fraudulentas" e "fake news" (é preciso usar muitas aspas para destacar o vocabulário tendencioso da mídia de massa).


Veja como funcionará: se você pesquisar e clicar em um vídeo de teoria da conspiração sobre, digamos, "Chemtrails", o YouTube agora irá vincular a uma página do Wikipédia que desmascara esse assunto ao lado do vídeo. Um vídeo que questiona se os humanos já foram para a lua pode ser acompanhado pela página oficial da Wikipédia sobre a missão Apollo em 1969. Wojcicki diz que a característica só incluirá teorias de conspiração no momento que têm "debates significativos" na plataforma. "Nosso objetivo é começar com uma lista de conspirações listadas na internet, onde há muita discussão ativa no YouTube", disse Wojcicki na SXSW. 

– Wired, YouTube Will Link Directly to Wikipedia to Fight Conspiracy Theories


Um print de uma "sugestão de informação" no YouTube.

O anúncio ocorre pouco depois de o YouTube ter sido responsabilizado pela distribuição de vídeos de "teoria da conspiração" sobre o tiroteio da Flórida. Na sequência do evento, o vídeo que estava mais em alta no YouTube era sobre atores em crise (notadamente David Hogg) aparecendo na câmera. O vídeo foi rapidamente removido da plataforma.

Usar o Wikipédia, um site de enciclopédia de contribuição voluntária que pode ser editado por qualquer um é uma escolha bastante desconcertante. Embora os alunos de faculdade sejam proibidos de usar o site como fonte de informação devido a problemas de confiabilidade, o Wikipédia será usado como um site de "verificação de fato" pelo YouTube. Talvez seja porque a maioria dos artigos do Wikipédia neguem completamente a maioria das conspirações. Embora não anunciado oficialmente, espere ver o Snopes virar outro site de "verificação de fato"... apesar do fato de o site ter uma agenda pró-elite clara.

Embora a nova medida do YouTube ainda permita a visualização de vídeos de conspiração, sites de propriedade de elite, como o Wired, já estão pressionando a proibição definitiva de teorias de conspiração na plataforma.


O YouTube ainda não conseguiu decidir e implementar regras claras para quando o upload de conteúdo de teoria da conspiração viola suas Diretrizes da comunidade. Nada nas regras evita explicitamente que os criadores publiquem vídeos com teorias de conspiração ou informações enganosas, mas ultimamente o YouTube tem derrubando as contas que espalham fraudes de qualquer maneira. 

- Ibid.


Nem é preciso dizer que os gigantes da mídia se envolveram nos últimos meses em um declive que é extremamente perigoso, onde a linha entre "verdade" e "conspiração", "fatos" e "notícias falsas" pode ser arbitrariamente determinada por agentes externos. Antigamente, os jornalistas costumavam ser campeões da liberdade de expressão e da informação, agora eles estão trabalhando para a censura e torcendo pela chegada de uma polícia "orwelliana".

Estamos cientes, no entanto, que nem tudo é conspiração e que nos últimos anos um mar de "fake news" e "teorias da conspiração sem pé nem cabeça" tem forrado a Internet, e elas devem, de fato, ser combatidas. O que estamos argumentando neste artigo é que talvez este possa ser o início da tão falada censura na Internet, e, talvez, muitas dessas "fake news" e "teorias ridículas" possam até mesmo estar sendo desenvolvidas deliberadamente a fim de justificar esse controle, pois isso já está em pauta há muito tempo.

Fonte: VC

Veja Mais
"Belluminati": Será que a Taco Bell está trollando os Teóricos da Conspiração ou é a Elite brincando conosco?
"Pizzagate": O Mundo Doentio da Elite Oculta de Washington


9 comentários »

  • Anthony Santsu said:  

    Falso ataque a bandeira ???
    Atacar a si próprio para forçar e justificar um intervenção.

  • Armazém de Luzes said:  

    O problema do Youtube é a falta de concorrência

  • Rodrigão Moradias said:  

    É agenda global que esta cada vez mais próxima da nova ordem mundial tudo esta sendo feito da maneira que eles querem e não falta muito para que o filho da perdição se mostre nas tvs...

  • Viajante Futuro said:  

    E por que isso seria ruim?

  • Anônimo said:  

    Dani, você já reparou no filme a Bela e a Fera, e a semelhança da Fera com Baphomet?
    Detalhe: “Beaut and the beast” pode ser lido também como “A Bela e a Besta”
    Você pode postar sobre isso e se aprofundar sobre isso? Você tem alguma teoria a respeito?

    Oba: Me lembrou também a Bela de Crepúsculo que também tinha uma relação com um ser sobrenatural. Por que sempre tem uma “Bela”?

  • Anônimo said:  

    Creio porque o nome Isabela significa consagrada à Deus,então misturam o sagrado com o profano.Também notei que é como se a besta estivesse endemoniado (alguns desses seres tem forma de animais) mas mesmo assim a "Bela" se apaixona por ele. Não seria tipo o mesmo que yin yang? A Bela significa a pureza e bondade e a besta a maldade e uma maldição mas mesmo assim se atraem.

  • Anônimo said:  

    E na novela Apocalipse da Record também! O anticristo namora, noiva e vai se casar com Isabela, “Bella” como a chamam.

  • ju said:  

    Vão colocar pagina do Wikipedia, o site onde qualquer um pode escrever o que quiser? kkkkkk

  • Anônimo said:  

    Esses vídeos de teorias so tem Fake News ou esse site defende a teoria de que a terra é plana?

  • Leave your response!

    NÃO serão aceitos comentários que:

    - Forem desagradáveis;
    - Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
    - Usarem CAPS excessivamente;

    Seus comentários poderão levar algumas horas para aparecer nesta página. Eles não serão necessariamente respondidos pelo autor.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste site.