"Teórico da Conspiração" Max Spiers é encontrado Morto Dias Após mandar Mensagem para Sua Mãe investigar se Algo "acontecer com ele"

sábado, 29 de outubro de 2016 10 comentários

O "teórico da conspiração" britânico, e especialista em Ufologia, Max Spiers foi encontrado morto em um sofá depois de vomitar um "líquido negro". Isso aconteceu apenas alguns dias após ele mandar mensagens a sua mãe para investigar se algo acontecer com ele.

Max Spiers, um pai de 39 anos, foi encontrado morto em um sofá na Polônia, onde ele foi convidado para falar sobre teorias da conspiração e Ufologia. Isso aconteceu em julho e, desde então, nenhum exame post-mortem foi realizado em seu corpo. A morte foi considerada ser de "causas naturais".

Dias antes de sua morte, Spiers mandou uma mensagem a sua mãe:


"Seu filho está com problemas. Se alguma coisa acontecer comigo, investigue".


Spiers, que dizia ser um sobrevivente do programa secreto do governo chamado "super soldado", morreu de repente, depois de vomitar um "líquido negro". Sua mãe Vanessa Bates, uma professora de inglês, disse aos jornalistas:


"Ele estava fazendo um nome para si no mundo dos teóricos da conspiração e tinha sido convidado para falar em uma conferência na Polônia, em julho. Ele ficou com uma mulher que ele não conhecia por muito tempo e ela me contou como o encontrou morto no sofá. Mas eu acho que Max estava cavando em alguns lugares escuros e eu temo que alguém o queria morto".

– The Telegraph, UFO expert Max Spiers’ death prompts conspiracy theories


Bates acredita que Spiers pode ter sido envenenado.


"Max tinha um físico bom e estava em boa saúde. Tudo o que tenho é uma certidão de óbito das autoridades polonesas dizendo que foi de causas naturais, mas nenhum post-mortem foi feito, então como eles podem dizer isso?

Eles também estão se recusando a liberar qualquer papelada sobre isso para mim porque, absurdamente, eu não tenho a sua autorização por escrito.

Ele tem um irmão, Josh, e uma irmã, Becky, que estão ambos devastados, assim como estão os seus dois meninos. Nós todos queremos respostas para isso e vou continuar a lutar para chegar à verdade." 

- Ibid.


A noiva de Spiers Sarah Adams disse ao Yahoo! News que ele estava prestes a expor "magia negra" e políticos e celebridades bem conhecidas.


"Estávamos acostumados a receber ameaças de morte de pessoas ou coisas do tipo, mas acho que dessa vez parecia bastante real. Ele tinha recebido ameaças dizendo que ele e eu iriam morrer.

Ele estava para expor magia negra. Ele estava para expor algumas das coisas que ele estava pesquisando sobre o envolvimento de líderes políticos e celebridades.

Ele planejava voltar aqui ver sua família e eu ia ter um filho dele. Ele tinha me enviado mensagens horas antes. Ele definitivamente não poderia ter feito qualquer coisa como suicídio ou algo assim".

– Yahoo! News, Here’s what conspiracy theorist Max Spiers was about to reveal before his death


O legista de North East Kent disse que uma investigação sobre a morte de Spiers "estava em seus primeiros estágios".

Spiers foi envenenado porque ele sabia demais? Ele estava prestes a dizer alguma coisa? Uma coisa é certa, essa morte não pode ser mais suspeita.

Fonte: VC

Veja Mais
O que aconteceu com Prince? 
Bin Laden lia Sobre "Teorias da Conspiração Illuminati" e o MK-Ultra, diz Inteligência Americana


, , ,

O Verdadeiro Significado de "Stranger Things" (Vídeo)

sexta-feira, 28 de outubro de 2016 3 comentários

Como visto no artigo A Verdadeira História e o Simbolismo Oculto em "Stranger Things", a série foi claramente inspirada no Project Montauk, um dos experimentos conduzidos pelo governo americano, ao lado do MKULTRA. Embora a série traga esse temática bastante interessante, ela faz parecer que tudo é apenas ficção. Confira o vídeo abaixo:


Veja Mais
Panic! At the Disco “LA Devotee” claramente celebra o Sistema Satânico de Controle Mental de Hollywood

,

Fetty Wap: Mais Um Rapper Illuminati

sábado, 22 de outubro de 2016 10 comentários

Mais um rapper entra na lista dos artistas Illuminati. O resultado? Sempre fama e dinheiro. Assista ao vídeo abaixo:


Veja Mais 
Chris Brown faz Um Grande Tributo Illuminati no BET Awards 2015
Melanie Martinez e o Universo Perturbador de "Cry Baby"

, , ,

O Lado Oculto da Olimpíada 2016

segunda-feira, 17 de outubro de 2016 18 comentários

As Olimpíadas foram criadas em honra a divindades na antiguidade e isso não é diferente nos dias atuais. O simbolismo associado às Olimpíadas está completamente em sintonia com a filosofia da elite ocultista, mas passa despercebido a cada edição. Embora não muito exorbitante como as cerimônias de Londres em 2012, as cerimônias de abertura e encerramento no Rio neste ano trouxeram mensagens pró-NOM e os mesmos simbolismos ocultos que a elite adora exibir em seus veículos de comunicação. Assim, como a maioria dos mega-eventos mundiais, as cerimônias são o espaço perfeito para que mensagens da elite e seus símbolos sejam propagados e uma forma de fazer pessoas ignorantes participarem de seus rituais ocultos.

Assista ao vídeo:


Veja Mais
O Simbolismo Oculto das Cerimônias de Abertura e Encerramento das Olimpíadas de 2012
A Cerimônia de Abertura do Maior Túnel do Mundo foi Um Ritual Oculto Bizarro

,

O Significado Oculto de The Weeknd "Starboy"

sábado, 8 de outubro de 2016 81 comentários

"Starboy" mostra The Weeknd destruindo sua casa usando uma cruz iluminada. Essa cena estranha tem um significado oculto poderoso, especialmente quando se considera os vídeos anteriores do artista. Vamos dar uma olhada mais de perto no significado oculto de "Starboy".

Assista à análise em vídeo:


A colaboração do The Weeknd com o Daft Punk é um tanto perplexa. Enquanto as letras comemoram a fama e os bens materiais do cantor, o vídeo o mostra destruindo sua casa usando uma cruz vermelha incandescente. O tempo todo, The Weeknd canta que ele é um starboy, um termo que tem mais de um significado.

Embora a princípio "Starboy" possa significar um cara que se tornou uma "estrela" na indústria do entretenimento, o simbolismo associado com a música introduz um aspecto oculto nela. Na verdade, o vídeo tem um tom ritualístico que é mostrado naquela narrativa clássica de morte e renascimento encontrada em iniciações esotéricas. Será que The Weeknd "ascendeu" no mundo oculto, tornando-se um starboy?

A Trilogia Anterior 

No primeiro artigo sobre o The Weeknd, analisamos os vídeos "Can't Feel My Face", "Tell Your Friends" e "The Hills", que formam uma trilogia. Quando esses três vídeos são colocados juntos, eles contam uma história sobre o The Weeknd encontrado uma homem segurando uma maçã - uma referência a Lúcifer no jardim do Éden.

Este homem segurando uma maçã representa Lúcifer no jardim
 do Éden e a indústria que "iluminou" a carreira do The Weeknd.

Em "Can't Feel My Face", Lúcifer, literalmente, toca fogo no The Weeknd e figurativamente acende sua carreira. Aqui está um resumo da trilogia.


A história começa com The Weeknd tentando fazer as pessoas prestarem atenção nele no show. O diabo, em seguida, faz ele se queimar em chamas e dá início a sua carreira. The Weeknd então percebe que esse negócio é horrível, então ele enterra essa nova criação cantante e atira no diabo. No entanto, o diabo não é humano e, portanto, não pode ser morto. Além disso, ele é bastante vingativo. Embora The Weeknd acredite que ele está vivo e livre, ele sofre um acidente de carro que quase o mata. Quando ele entra na sala vermelha, ele percebe que ele não pode escapar do diabo. O diabo segura uma maçã lembrando-o de que o pacto não é anulável. As duas moças que estavam com The Weeknd eram realmente servas do diabo e o acidente quase fatal era na verdade um aviso: quaisquer outras transgressões podem resultar em morte.

Embora o diabo tenha lhe trazido fama e sucesso, The Weeknd está preso a um círculo em que qualquer tentativa de se livrar vai levá-lo de volta para o diabo e sua maçã.


Em "Tell Your Friends", The Weeknd se enterra no deserto.

O "velho" The Weeknd continua 
cantando mesmo dentro do plástico.

Em "Starboy", The Weeknd mata seu antigo eu novamente ao sufocá-lo. Por que ele continua se matando? Porque cada morte representa uma nova etapa no ocultismo. Ele é, aparentemente, agora, um starboy.

Starboy

O vídeo começa com um homem mascarado na casa do The Weeknd.

The Weeknd, com seu penteado característico, é amarrado à cadeira.

O homem mascarado, em seguida, levanta-se e sufoca The Weeknd com um saco plástico.

The Weeknd é morto sufocado com um saco plástico na cabeça.

Quando o assassino remove sua máscara, ficamos surpresos.

 É o The Weeknd! E ele raspou aquela coisa na
 sua cabeça! Há tanta coisa acontecendo agora!

Então, não muito diferente de em "Tell Your Friends", The Weeknd mata o seu "eu anterior". Para simbolizar seu renascimento. O novo The Weeknd tem um novo penteado. A câmera também concentra-se em outro item importante: uma corrente com um pingente de cruz que ele usa agora. Essa peça enfatiza o tom espiritual daquilo que está acontecendo na tela. O The Weeknd virou agora um cristão devoto? Bem, na verdade não. Afinal de contas, ele acabou de cometer um assassinato enquanto usava essa corrente, então isso não é um bom começo.

The Weeknd passa por um quadro do Daft Punk. Observe a estrela cadente 
no fundo e a pantera negra. Elas preveem para onde The Weeknd está indo.

The Weeknd, em seguida, entra em seu quarto e vê algo que não é encontrado na maioria dos quartos em toda a América.

Uma grande cruz iluminada na parede de seu quarto.

 A cruz literalmente chama sua atenção e reflete 
dentro de um olho só, o símbolo favorito da elite oculta.

The Weeknd então pega a cruz, arrasta-a pelo chão e a usa para destruir a sua própria casa.

Em um gesto simbólico, The Weeknd quebra 
seus discos de ouro de seu primeiro álbum.

Embora alguns possam pensar que essa cena representa o renascimento cristão de The Weeknd, em que ele deixa seus bens materiais para seguir o caminho de Jesus, não é isso o que está acontecendo. A letra da música afirma exatamente o oposto.



Estou tentando te deixar no pior humor, ah
Meu P1 mais limpo do que seus sapatos de ir à igreja, ah
Paguei 1,2 milhões nele só para te magoar, ah
Uma Lambourghini vermelha só para te provocar, ah
Nenhum desses brinquedos financiados, ah
Ganhei em uma semana o que você faz em um ano, yah
Minha namorada está fora do seu alcance, ah
Minha amante também está fora do seu alcance, ah


Nesse verso, The Weeknd declara que seu P1 (um carro esportivo) é mais limpo do que seus sapatos de ir à igreja (as recompensas da elite ocultas são maiores do que a vida de uma pessoa humilde que vai à igreja). Ele também diz que faz muito mais dinheiro do que você, e sua namorada e a garota com quem ele trai sua namorada são melhores do que a sua.

Mais tarde na canção, ele explica como ele comprou uma nova mesa para sua "gata" usar para cheirar cocaína.


Vinte mil uma mesa, feita de ébano
Corte a cocaína em pedaços fininhos
Ela limpa tudo com o rosto, cara, eu amo minha gata


Então, The Weeknd não está exatamente se encontrando com Jesus. Ele está simplesmente gabando-se das coisas que ele ganhou quando foi escolhido pela indústria (representada por Lúcifer em seus vídeos anteriores). Além disso, esse verso resume tudo e deixa ainda mais gritante:


Nós não rezamos por amor, apenas rezamos por carros


Então, por que ele está destruindo suas coisas? Porque o vídeo simboliza The Weeknd entrando em uma fase mais elevada no sistema oculto que governa Hollywood.

A capa do single "Starboy" resume a transformação oculta que está acontecendo.

À esquerda, raios; no meio, cruzes (e uma estrela), e à direita mais
 raios. Existem seis símbolos em cada coluna, resultando em ...666.

O simbolismo nessa tampa toca em um dos conceitos mais importantes no ocultismo: a ligação entre Lúcifer, a estrela da manhã e Vênus.

No simbolismo oculto, o raio representa a "descida" do céu para a Terra. Por essa razão, o símbolo, às vezes, é usado para representar Lúcifer, que é dito ter descido do Reino de Deus para a humanidade. Lúcifer também é conhecido como a Estrela da Manhã e o Portador da Luz. Os mesmos termos têm sido usados ​​desde o início dos tempos para descrever o planeta Vênus. Vênus é esotericamente associado com o símbolo da estrela de 5 pontas e o pentagrama, devido à sua "dança astronômica" nos céus.



O pentagrama é pensado por alguns ocultistas traçar o seu significado esotérico para uma observância astronômica do padrão de conjunções de Vênus com o Sol e teve muitos significados em muitas culturas através dos tempos. 

- BC Freemasonry, "The Pentagram"


 A trajetória de Vênus em torno do Sol. Conhecida 
como a "estrela da manhã" e "portador da luz", o
 planeta carrega os mesmos nomes que Lúcifer.

A capa de "Starboy" aborda esses links simbólicos e refere-se a um nível de maior iniciação oculta. A capa mostra uma dualidade entre duas forças opostas, Lúcifer (representado por raios) e Jesus (a cruz). Quando internalizado, a dualidade cria o símbolo mágico do pentagrama.

O simbolismo de "Starboy" é uma reminiscência do simbolismo associado com David Bowie. Na verdade, como descrevi no artigo O Universo Oculto de David Bowie e o Significado de "Blackstar", Bowie teve um alter-persona chamado Ziggy Stardust, que tinha fortes tendências ocultistas e cabalistas.

 Ziggy Stardust de com seu raio icônico.

No seu quinto álbum, Bowie lançou o alter-ego Ziggy Stardust, uma estrela do rock alienígena andrógina que foi enviada pelo "Infinitos" para anunciar a vinda do Starmen à Terra. Não ao contrário de Lúcifer, Ziggy Stardust desceu à Terra dos céus.

Portanto, o simbolismo em torno de "Starboy" representa The Weeknd totalmente aderindo-se aos "níveis superiores" do sistema da elite oculta.

Esta foto no livreto do "Starboy" mostra o sinal do 
"um olho". Isso significa "eu sou parte da elite oculta". 

Voltando ao vídeo. Depois de destruir suas coisas e queimar suas roupas, The Weeknd deixa sua casa.

 Antes de sair, um gato preto segue The Weeknd. 

No folclore ocidental, os gatos pretos eram associados com magia e bruxaria. Acreditava-se que eles eram "amigos" das bruxas - espíritos que as ajudam e protegem enquanto realizam seu trabalho mágico.

Dentro do carro, o gato torna-se muito maior e mais 
poderoso, representando o poder oculto que está crescendo, 
associado com níveis mais elevados de iniciação.

Dentro de seu carro esportivo caro, The Weeknd vai subindo as colinas de Hollywood, o que representa que ele está indo mais fundo dentro da indústria da elite oculta.

Uma imagem da cruz iluminada no fundo nos diz que isso não era sobre 
The Weeknd tornando-se cristão. Era sobre iniciação oculta a um nível 
mais elevado e a cruz era apenas um adereço no processo ritualístico.

Conclusão

The Weeknd é agora um Starboy, um cara que foi escolhido à mão pela elite para se tornar uma estrela de "mais alto nível". Devido a isso, ele é dono de um monte de coisas legais que ele se gaba em suas canções, fazendo seus fãs terem inveja de seu sucesso. Esse sucesso no entanto tem um custo. Ele ainda é propriedade da elite - aqueles que o iniciaram. Para se tornar um starboy, ele tem que matar seu antigo eu enquanto usa uma cruz e ele deve prometer sua fidelidade ritualisticamente destruindo seus bens utilizando uma cruz. Usar esse símbolo "cristão" para cometer morte e destruição é parte do processo de venda da alma.

"Starboy" não é, portanto, sobre The Weeknd tornando-se cristão ou "mudando seu estilo". O vídeo está em perfeita continuidade com seus vídeos anteriores, onde ele foi "descoberto" por Lúcifer e foi feito uma estrela. Em "Starboy", seu sucesso material, o resultado desse negócio é depois destruído. No próximo nível de iniciação, as coisas ficam mais sérias. Embora The Weeknd se gaba de seu "P1 ser mais limpo do que os sapatos da igreja", o vídeo nos diz que ele ainda é propriedade de Lúcifer - a estrela da manhã, e The Weeknd é o seu starboy.

Fonte: VC

Veja Mais

,

Panic! At the Disco “LA Devotee” claramente celebra o Sistema Satânico de Controle Mental de Hollywood

segunda-feira, 3 de outubro de 2016 35 comentários

O vídeo “LA Devotee” é sobre um menino que está sendo torturado e sofrendo lavagem cerebral pelo vocalista da banda, enquanto todos os tipos de símbolos satânicos aparecem. Em suma: o vídeo resume sobre tudo o que é Hollywood.

Quando os principais comentários do vídeo do YouTube dizem:


"Eu honestamente esperava que LA Devote tivesse um vídeo ensolarado e claro, e não um satânico"



"Está ficando cada vez mais difícil convencer meus pais que a música que eu escuto não é satânica"


...você sabe que as coisas estão ficando cada vez mais na cara. Embora a música "LA Devotee" seja aquela típica música alegre com um refrão cativante, o vídeo é uma experiência obscura e perturbadora. Na verdade, o vocalista Brandon Urie é visto tendo o prazer em torturar uma criança numa sessão satânica de lavagem cerebral. Raptar crianças, ter o prazer em fazê-las sofrerem, fazer lavagem cerebral nelas, rituais de magia negra: todas essas coisas são as favoritas da elite oculta e estão repletas nesse curto vídeo de música.

A palavra "devoto" significa "um forte crente em uma religião ou num deus em particular". Panic! At the Disco expõe claramente a verdadeira religião de Hollywood... e eles parecem felizes em fazerem parte dela.

Vamos analisar o vídeo.

Raptando Crianças

O vídeo começa com uma jovem percebendo que ela está sendo seguida. Ela é então raptada por alguém vestido de vermelho.

Raptando crianças: o esporte favorito da elite oculta. 

À medida que a câmera vai subindo, vemos um agroglifo moldado em algo parecido 
com um símbolo alquímico. O ponto de exclamação foi retirado do nome da banda,
 indicando que eles são os únicos por trás disso. 

Vemos, então, um menino que está sendo amarrado a uma cadeira no interior de uma lugar assustador e escuro.

 Sim, este é Noah Schnapp, o menino que é 
sequestrado na série "Stranger Things".

Usar Will de "Stranger Things" é uma escolha bastante apropriada. Como já disse no artigo A Verdadeira História e o Simbolismo Oculto em "Stranger Things", a série revela alguns aspectos sinistros do sistema MKULTRA. Will, interpretado por Noah Schnapp, é raptado pelo Demogorgon, um monstro que representa o lado monstruoso e satânico da elite oculta.

Em "LA Devotee", Schnapp é sequestrado novamente (pobre garoto) e forçado a assistir a Brandon Urie cantar. Embora isso já seja uma forma cruel de tortura, as coisas pioram. Na verdade, a música é parte de um processo mais amplo de controle mental baseado no trauma. Como indicado no artigo O Controle Mental Monarca - Suas Origens e Técnicas, o controle mental é uma mistura profana de abuso, tortura e rituais satânicos, a fim de causar trauma. O menino no vídeo é submetido a tudo isso.

 Uma câmera registra o menino sendo torturado. Isso reflete 
como os círculos de elite adoram ver esses tipos de vídeos doentios.

 Esta figura assustadora realiza rituais obscuros vestindo 
uma máscara com chifres do estilo Baphomet.

Quando a música começa, o menino começa a cantar de forma automática - como se ele tivesse sido programado para cantar bem naquela hora.

O garoto programado para cantar: uma maneira de representar a 
juventude recebendo lavagem cerebral pelos meios de comunicação.

Brandon é projetado em um telão na frente do garoto enquanto canta com um olhar doentio no rosto. Ele realmente parece estar desfrutando de torturar o menino. Uma imagem pisca por uma fração de segundo e explica o que o motiva a fazer isso.

 Por uma fração de segundo, um símbolo parecido 
com o da Igreja de Satanás pisca no rosto de Brandon.

 O símbolo apresenta a cabeça de Baphomet
 dentro de um pentagrama invertido (símbolo da magia 
negra) com outro pentagrama invertido em sua testa.

Brandon Urie aparentemente gosta de ser o diabo. O vídeo "The Emperor’s New Clothes" é basicamente sobre ele lentamente se transformando no diabo.

Brandon no vídeo "The Emperor’s New Clothes".

Enquanto esse material perturbador está acontecendo, a letra a música explica que o que estamos testemunhando é a verdadeira religião de LA (Los Angeles), a casa da indústria do entretenimento.


A magia negra da Mulholand Drive
Piscinas sob os céus desertos
Bebendo vinho branco na luz enrubescedora
Só mais um devoto de Los Angeles
Pores do sol no olho mau
Invisíveis ao santuário de Hollywood
Sempre na caçada por um pouco mais de tempo
Só mais um devoto de Los Angeles


A primeira linha do refrão menciona diretamente a "magia negra" de Mulholland Drive, a rua icônica que atravessa Hollywood. O filme enigmático de David Lynch, "Mulholland Dr.", refere-se ao lado escuro de Hollywood também. O verso "pôr do sol sobre o olho mau" é outra referência direta à elite oculta que manda em Hollywood. A letra implica que aqueles que tomam parte na indústria de Hollywood fazem parte de um culto doentio... eles são os devotos de Los Angeles.

 A menina que foi sequestrada no início do vídeo reaparece e oferece
 ao menino algo para beber. Escravos MK são muitas vezes utilizados 
na programação de outros escravos.

A bebida que é dada ao rapaz provavelmente representa drogas psicodélicas que são utilizadas na programação MK real para facilitar o trauma. Um monte de imagens assustadoras piscam na tela, do tipo que seriam usadas para traumatizar escravos dopados.

Uma cabeça de bode grande pisca 
rapidamente na tela. Mais material satânico.

Máscaras de animais são usadas ​​em 
rituais satânicos e na programação MK.

Essa imagem pisca tão rapidamente que é quase
 imperceptível. Essas imagens semi-subliminares provocam
 um sentimento inquietante sobre os espectadores.

Sangue escorrendo sobre um crânio: uma forma simbólica 
de representar o amor da elite pelos sacrifícios de sangue.

O trauma do menino é então levado um passo adiante.

Um bando de "bruxas" prendem fios na cabeça do menino.

 À medida que a música se torna mais intensa, o menino 
é visto sendo eletrocutado. Quem quer ver uma criança 
sofrendo durante um vídeo de música?

Tortura com eletrochoque é uma técnica bem conhecida usada em MK-Ultra para causar trauma e dissociação. Combinado com drogas, rituais e lavagem cerebral, o vídeo não deixa dúvidas quanto ao que se refere.

Após convulsionar violentamente por longos segundos, o menino perde a consciência. Isso aparentemente deixa Brandon muito feliz.

 Brandon sorri sadicamente, como se 
 estivesse dizendo: "Eu estou prestes a me divertir".

A última imagem do vídeo mostra Brandon se 
aproximando do menino de um jeito ameaçador. 

O que exatamente você vai fazer, Brandon? Bater no garoto? Estuprá-lo? O quê? Sim, esse vídeo termina com o vocalista prestes a abusar de uma criança indefesa que acabou de ser torturada. Não há caminho de volta, não existe um "segundo significado" ou "significado mais profundo". Isso é escancaradamente maligno.

Conclusão

Pânico! At the Disco não é uma banda obscura e hardcore. É uma banda mainstream, que ganha todos os tipos de prêmios, e faz músicas perfeitas para as rádios e que são principalmente dirigidas aos jovens. “LA Devotee” retrata o vocalista planejando uma operação em que um menino é sequestrado, amarrado a uma cadeira, drogado, recebe uma lavagem cerebral, é submetido a rituais ocultos e é electrocutado. E no final do vídeo, sua provação ainda nem terminou. Brandon está apenas começando (Fala sério, será que ele vai estuprá-lo? Que horror!).

O vídeo “LA Devotee” retrata Brandon como um manipulador de controle mental e celebra a forma como a elite oculta participa nesse horror sob impunidade total. Em uma escala mais ampla, o vídeo representa como, por meio dos meios de comunicação, os jovens de todo o mundo recebem uma lavagem cerebral para acreditar que tudo isso é legal e maravilhoso, o que os leva a adorar suas estrelas favoritas. O objetivo final: criar apenas mais um devoto de LA.

Fonte: VC

Veja Mais
Muse "The Handler" - Uma Música Sobre Um Escravo de Controle Mental cantando para Seu Manipulador
Pink "Just Like Fire": Outro Vídeo Flagrante de Controle Mental