Ex-Contratante da CIA confirma: O ISIS foi Completamente fabricado pelos EUA

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014 Leave a Comment

No artigo ISIS: Uma Criação da CIA para justificar a Guerra no Oriente Médio e a Repressão no Ocidente, foi dito que o ISIS estava sendo usado pela mídia e pelo governo americano apenas como uma ferramenta para justificar a guerra e a invasão na Síria e para causar medo e pânico em todo o mundo. Ainda, ele teria sido criado pelas mesmas forças que o combatem hoje. Meses após o início dos ataques aéreos contra alvos do ISIS, aquilo que era apenas especulação começa a se confirmar: os ataques aéreos estão sendo considerados insuficientes. Steven D. Kelly, um ex-contratante da CIA fala abertamente o que ele pensa sobre o ISIS no vídeo a seguir.


Veja Mais
Aécio Neves e Geraldo Alckmin Convidados Ilustres da Maçonaria  
Diretor de 'X-Men', Bryan Singer, Acusado de Abusar de Adolescente 

3 comentários »

  • Gabriel Previato said:  

    Sim, Danizudo, exatamente. Mesma coisa o fim do embargo a Cuba como uma forma de evitar a influência da Rússia na América Latina ou os próprios escândalos na Petrobras (sendo que a NSA vigiava a empresa) como forma de tentar quebrar o monopólio brasileiro sobre os próprios bens. O povo brasileiro está clamando para que os EUA deem um jeito na corrupção desenfreada no Brasil e até aceita que os ianques tomem nosso petróleo, acreditando que essa seria a solução do problema.

  • Jessy said:  

    Como nao suspeitei disso antes? tinha q ter o dedo dos EUA !

  • Marcelo said:  

    Que tal criar um falso movimento que reivindica liberdade ( primavera árabe ) para sublevar nações e com isso retirar certos governantes não alinhados com os EUA ao mesmo tempo em que se recruta mercenários, aventureiros e terroristas para que uma invasão a um país inimigo (Síria) possa ocorrer de forma dissimulada fazendo a imprensa controlada espalhar que se trata de uma revolta popular? E melhor ainda usar essa "revolta popular"(invasão não declarada) para se livrar de vários terroristas domésticos em seu próprio país? Bem, isso é o que fez o Tio Sam. O interessante é que em 2012 e 2013 os EUA forneceram mais de 2 bilhões para a "oposição" Síria destruir o país, contudo se você falar com um Sírio eles vão dizer que os tais oposicionistas nem mesmo falam a língua do país.

  • Leave your response!

    NÃO serão aceitos comentários que:

    - Forem desagradáveis;
    - Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
    - Usarem CAPS excessivamente;

    Seus comentários poderão levar algumas horas para aparecer nesta página. Eles não serão necessariamente respondidos pelo autor.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste site.