, , , ,

VMA 2014: "Sexualização" Excessiva trazida por Fantoches da Indústria da Música

domingo, 31 de agosto de 2014 Leave a Comment

O VMA 2014 esteve focado em um único tema - um tema que foi expressado utilizando a maior parte das estrelas do show. De Nicki Minaj e Ariana Grande a Iggy Azalea e Beyonce, a imagem e o som do VMA foi sobre a mesma coisa: a "sexualização" excessiva trazida pelos fantoches Illuminati.

O VMA do ano passado foi todo sobre Miley Cyrus agindo como uma Beta kitten totalmente programada. Este ano, quase todos as artistas que subiram ao palco estavam também agindo como Beta kittens programadas. Quando os "destaques" de uma cerimônia de premiação são os implantes de bumbum de Nicki Minaj e (provavelmente) Iggy Azalea, você já sabe que não haverá muita substância lá. Após o show, a MTV informou como "notícia" o que Austin Mahone disse sobre Nicki Minaj:

 
   "Sua bunda estava enorme. Isso era tudo que eu consegui me concentrar."
 

Isso resume muito bem o VMA 2014: um público estupefato olhando para bumbuns por algumas horas, misturados com alguns fantoches da indústria recebendo troféus brilhantes. Embora alguns espectadores possam dizer "Isso foi incrível!", não vamos esquecer que o público-alvo da MTV nasceu por volta do ano 2000. Eles são os que cresceram vendo isso, absorvendo essas imagens e sons. E as imagens e sons do VMA 2014 enviaram uma mensagem clara para esses jovens. 

"Oversexualization", do inglês, significa, simplesmente, "sexualizar excessivamente". Sim, fazer amor é uma parte maravilhosa da vida, mas quando esse ato é banalizado, corrompido, explorado e vendido para as mentes dos jovens imaturos isso pode produzir efeitos psicológicos e interpessoais negativos ao longo da vida. No entanto, para a elite oculta, esses efeitos são desejáveis ​​porque produzem uma população com "moral frouxa", que é exatamente o tipo de população que eles estão procurando criar.

 Um gigante e assustador Olho Que Tudo Vê está permitin-
do que você saiba que a elite está patrocinando esse fiasco.

Como de costume, o VMA contou com uma pequena seleção de artistas. Até mesmo o público estava concentrado apenas em algumas pessoas, ou seja, Katy Perry, Taylor Swift, e Kim Kardashian. Em suma, o VMA 2014 foi todo sobre as kittens da indústria.

Aqui está um olhar para as principais estrelas do VMA e sua mensagem principal. Você provavelmente vai perceber que elas são todas semelhantes, quase como se estivessem controladas pelas mesmas pessoas. Notícia rápida: Elas realmente estão. 

Ariana Grande 

  Ariana Grande é mais uma estrela de TV infantil 
que se transformou em uma kitten da indústria. 

Ariana Grande foi a rainha do olhar "eu sou tão jovem e inocente" durante sua carreira na televisão (veja o post sobre Ariana Grande aqui). Esse olhar agora foi combinado com trajes pequenos para agradar pervertidos ao redor do mundo. Até mesmo o apresentador do programa, Jay Farrow, comentou sobre a sensação de desconforto causada pela performance de Ariana.

 
Ariana Grande está arrasando agora. Eu estou atraído por ela e, você sabe, eu me sinto um pouco estranho com isso, porque... ela parece muito novinha, não é? Você não pode ser um homem crescido que gosta de "Sam e Cat", assim como seu sobrinho de cinco anos. Ele fala assim: "Tio, eu gosto dela". E eu: "Eu gosto dela também querido, ela é incrível".


"Sam e Cat" foi um programa da Nickelodeon
 popular entre as crianças menores de 12 anos.

 A co-estrela de Ariana, Jennette McCurdy, causou controvérsia quando 
selfies reveladores "vazaram" online. Mais uma vez, os jovens fãs testemu-
nharam a transformação de uma jovem garota que eles idolatravam em 
um produto da indústria Beta Kitten.

Ariana Grande está recebendo um grande impulso da indústria para lançar sua carreira. Sem surpresa, ela já está promovendo as mensagens e simbolismo que vêm com o ser um fantoche da indústria.

 Em seu vídeo "Break Free", a Árvore da Vida Cabalística é usada para lançar 
a nave espacial. Não ao contrário de Madonna, Britney Spears e outras kittens 
da indústria, Ariana Grande está na "Cabala de Hollywood".

  O selo oficial de peão da indústria.

Nicki Minaj

 Releia o título deste artigo para entender completamente esta imagem. 

Conforme documentado em vários artigos neste site, Nicki Minaj tem sido usada para promover todos os tipos de agendas nos últimos anos. Seu mais recente single, "Anaconda", é uma continuação daquilo que a indústria quer que ela faça. Sua música tem trechos de "Baby Got Back" de Sir Mix-A-Lot e usa várias vezes o verso "Minha anaconda não quer nada, a menos que você tenha pães", que pode ser traduzido para "Você não vai atrair os caras, se você não tiver um gigantesco bumbum como o de Nicki Minaj". Quando Sir Mix-A-Lot cantava esse verso na canção original parecia até meio engraçado, mas, no contexto da canção de Minaj, tornou-se uma maneira de fazer as jovens se sentirem inadequadas. 

Se você for capaz de não se concentrar exclusivamente em sua bunda e ouvir a letra, você vai perceber que cada verso fala sobre Nicki com um cara diferente. Porque ele tem dinheiro. Bastante motivador.

 
Esse cara chamado Michael costumava comprar motos
P*nis maior do que uma torre, não estou falando sobre a Eiffel 
Um verdadeiro cara patriarca, me deixa brincar com sua espingarda
A garota aqui botou ele pra dormir, agora ele está me chamando de remédio NyQuil
Agora esse bangue bangue bangue, eu o deixei transar porque ele vende cocaína
Ele faz sexo oral como se seu nome fosse Romaine 
E quando a gente termina, eu faço ele me comprar alface
Estou no meio de algumas idiotices


O último verso desse trecho é bastante verdade. Mas as coisas ficam piores. Uma parte da música diz repetidamente: "Oh. Meu. Meu Deus. Olhe para a bunda dela". Entretanto, durante sua performance Nicki balançou seu traseiro cirurgicamente ampliado continuamente. É nesses momentos de clareza em que você percebe que a nossa civilização atingiu um novo patamar cultural e que não estamos longe do estilo de decadência romano. 

Claro, pode-se dizer: "É uma música divertida sobre bundas grandes! Supere isso companheiro!". Bom, tudo bem, amigo. Vamos olhar para a outra performance dada por Minaj: 

 Usher encosta a cabeça na traseira de Minaj e depois dá um tapinha nela. 

Não era apenas uma canção. A premiação inteira foi sobre vender essas coisas através de fantoches da indústria. 

  O selo oficial de peão da indústria.

Jessie J 

 Jessie J e as amigas após a performance de "Bang Bang". 
Como se para destacar a verdadeira mensagem da premiação,
Nicki Minaj mal conseguia segurar suas roupas.
 
Por alguma razão, Jessie J é sempre convidada a grandes eventos. Talvez seja porque ela sempre esteve comprometida com a Agenda Illuminati. Neste caso, sua música "Bang Bang" se encaixa perfeitamente no tema principal do VMA 2014. Aqui está o refrão da música:

 
Bangue-bangue, no quarto (eu sei que você quer)
Bangue-bangue, todinho em você (vou deixar você ter)
Espere um minuto, vou te levar para lá (ah)
Espere um minuto, vou te contar
Bangue-bangue, lá vai o seu coração (eu sei que você quer)
No banco de trás do meu carro (vou deixar você ter isso)
Espere um minuto, vou te levar para lá (ah)
Espere um minuto, vou te contar
 

Jessie J é apenas mais um fantoche vendendo essas mensagens para os jovens.

O selo oficial de peão da indústria.

Iggy Azalea e Rita Ora 

 Iggy Azalea desceu o nível durante a apresentação de "Black Widow". 

Iggy Azalea e Rita Ora ambas já foram destaques no KIP porque promovem a Agenda Illuminati (veja meu vídeo falando sobre Iggy). No VMA, ela cantou a música "Black Widow", que é o nome de peçonhentas aranhas fêmeas que comem os machos após o acasalamento. Adivinha sobre o que a canção fala? Sim, copular com um cara e matá-lo depois. Cópula vingativa e má misturada com a morte. Esse é o tipo de porcaria que a indústria gosta de promover.

  Duas artistas, dois selos oficiais de peões da indústria. 

Beyonce

 Um monte de pernas espalhadas durante esta premiação.

Não diferente dos VMAs dos últimos anos, Jay-Z e Beyoncé atuaram como a "família real" da premiação. Beyoncé recebeu o prêmio Video Vanguard e começou a apresentar uma série de canções. Beyonce sendo premiada nessa edição do VMA faz sentido, já que durante anos ela foi a figura principal da indústria kitten. Como dito em vários artigos neste site, Beyoncé tem sido usada para promover todos os aspectos da agenda da elite.

Como esperado, a performance de Beyoncé ficou bastante atrevida e explícita. Aqui está um trecho de sua música "Partition".

 
Motorista suba a divisória, por favor
Motorista suba a divisória, por favor
Não preciso que você veja "Yonce de joelhos'
Foram necessários 45 minutos para ficar arrumada
Nem vamos conseguir chegar nessa balada
Agora o meu rímel está escorrendo
O batom vermelho borrado
Oh ele está tão excitado, ele quer transar
Ele desabotoou todos os meus botões e rasgou minha blusa
Ele, no estilo da Monica Lewinsky, estava no meu vestido
 

Isso foi entrelaçado de uma forma um pouco confusa com o feminismo.

  Nada disso faz sentido. Para terminar, isso foi 
seguido por ela cantando "Curvem-se v*dias". 

Enquanto Beyonce estava cantando, a câmara se manteve em Jay-Z e Blue Ivy.

  "Olha, mamãe está no pole dance de strippers agora". 

Embora a presença de Blue Ivy tenha sido um pouco reconfortante, há uma questão que é preciso ser feita. Ninguém mais está trazendo seus filhos? Por que ela é tão presente e divulgada? Ela precisa estar nesses holofotes? No contexto desses VMAs - que são quase dramas ritualísticos, sim, ela precisava estar lá. Ela é a herdeira do casal real. Como todos os jovens de todo o mundo, ela testemunhou algumas horas de intensa "sexualização". E depois ela viu a mãe conseguir um troféu por isso. A Agenda é sobre a implementação de valores para a geração mais jovem e Blue Ivy representou isso. E é assim que o VMA terminou.

  Selo oficial de peão da indústria. 

Conclusão

O VMA desse ano não conteve o simbolismo oculto habitual que é descrito no site. Na verdade, ele não conteve muita substância. Ele focou exclusivamente em uma parte essencial da agenda: sexualizar os jovens e expô-los a mensagens humilhantes e degradantes. Trata-se de associar arte, música e criação com a exploração da lascívia. Como visto nas letras e imagens acima, as "estrelas" do show não são artistas independentes, elas são marionetes partes do mesmo sistema, todas ligadas pelo "sinal do um olho".

Em um mundo ideal, esse tipo de espetáculo levaria os espectadores a questionar o estado da arte e cultura da sociedade moderna, que está constantemente afundando para novos níveis. Faria telespectadores perguntarem-se por que a "música" tornou-se uma fossa homogênea de mensagens excessivamente estimulantes e entorpecentes. Infelizmente, a maioria dos espectadores tiveram apenas uma reação ao assistir ao VMA 2014: "Olhe para a bunda dela!"

Fonte: VC

Veja Mais
VMA 2013: A Apresentação Chocante de Miley Cyrus e a Nova Persona de Lady Gaga  
VMA 2011 - Uma Celebração da Indústria da Música Illuminati Atual 

 

25 comentários »

  • avozdascomunidades2011@hotmail.com said:  

    Há algum tempo eu não vejo estas premiações: Grammy, VMA, AMA, Oscar..tomei certo nojo disso tudo, principalmente porque não é uma forma de se premiar música ou filmografia em sua essencia boa e sim exaltar preceitos satanistas dos que regem a industria. Pura enganação!E de todas estas citadas, posso dizer que Beyonce é a unica que tem algum talento(acompanhei o inicio da carreira dela nas Destiny Child), mas essa dai do palco é o espirito imundo que incorpora nela e não ela!Pobre escrava do maligno..do que vale tanto dinheiro e perder a paz, sujeitar a filha a ver isso, não ter a felicidade verdadeira que é viver com Cristo?? :/

  • Karina said:  

    Lembrando que já "vazaram" fotos da Ariana Grande.

  • Priscila García said:  

    Meu Deus, parece antigamente ainda era mais escondidas essas mensagens, mas agora estão bem na cara. Como no filme truque de mestre: "Chegue perto! Chegue mais perto, porque quanto mais perto você chega mais fácil fica de te enganar"

  • Andressa Weitgenant said:  

    Acho que o site têm decaído muito em qualidade. Qualquer fanatismo é ruim e tenho visto um nível fanático ao criticar certas coisas por aqui.Por ser um post (mal traduzido) do VC minha crítica é dupla, ao site e ao danizudo por republicá-lo aqui. A crítica a música da Nicki Minaj poderia ter sido melhor aproveitada se a música tivesse sido traduzida melhor. A música fala de uma menina que transa com caras por que eles têm drogas e dinheiro e vestem ela com marcas. Isso é errado e extremamente distorcido! As pessoas estão amando essa música e cantando como se fosse algo inofensivo. Concordo com todas as outras críticas mas achei extremamente apelativo que uma artista desceu o nível. Me digam uma coisa em que Iggy Azalea e Rita Ora tenham descido o nível? Achei exagerado. A música Black Widow é sobre amar uma pessoa demais até o nível de isso se tornar doentio. De você demonstrar o seu amor demais e o cara de repente te odiar. E diante isso, a mulher desiludida acaba odiando também esse caso de amor exagerado e o amor vira ódio e vira aversão a pessoa. Quantas pessoas já não se entregaram totalmente a uma relação e no fim o ex virou um inimigo? É sobre isso. "Sentimentos" a parte, não é tão difícil assim traduzir uma música, você encontra pronto no vagalume e interpretar não é tão difícil assim também. A performance delas foi de longe a menos sexual e com algum conteúdo que prestasse. Em outros pontos concordo com as outras críticas. Mas acho que generalizar ao nível fanático é errado. Iggy Azalea tem sim simbolismos em um mixtape dela e um clipe, a Rita Ora também. Mas vamos começar a "dar nome aos bois" e criticar o que tem que ser criticado, sem inventar coisas e dizer que alguma artista desceu o nível por motivo nenhum!

  • Jadson Moura said:  

    A mais pura verdade todos sabem disso

  • Gabriel Souza Araujo said:  

    Só acho que faltou mais Lady Gaga Nesse VMA. Ela traria conteúdo ao evento.
    Até msm se esse conteúdo fosse carregado de ocultismo.

    Vale lembrar que este VMA teve a 2° pior audiência desde 2009 e a 5° pior audiência desde a estréia do programa.
    Isto significa um desinteresse por parte do público? !

  • Augusto Nery said:  

    A Bey arrasou... a melhor apresentação da noite!!

  • Marcio Roberto said:  

    Isso é tão vergonhoso, não entendo (ou melhor, entendo sim) como tem gente que pode gostar disso...

  • Cecilia Aguilera Lopes said:  

    eu achava que o bumbum da nicky era de "isopor' que ela só colocava para fazer shows e tal... é muito artificial...

  • Aline Pessoa said:  

    Sam e Cat um programa da Nick??? Sério, vc poderia NO MÍNIMO se informar melhor colega. Só uma dica, elas eram de programas diferentes tá. ;)

  • Felipe Pereira said:  

    @Andressa Weitgenant

    Deu pra perceber que você gosta bastante de Iggy Azalea e Rita Ora, ou eu estou errado?

    Porque pra não ver quão "doentia" (uma palavra que você mesmo usou) é a letra de "Black Widow", você deve ser muito fã das duas.

    A Música fala literalmente de obsessão e "controle" pelo Sexo. No caso, a personagem seria uma "Dominatrix" manipuladora que simplesmente "brinca" com os sentimentos e a vida de um rapaz como se ele fosse um objeto sexual à serviço dela; ou seja, sua "presa" que acabou de "entrar na teia da Viúva Negra" (MK-ULTRA versão Feminina?).

    Muitos relacionamentos são assim hoje graças à banalização da traição, da promiscuidade e falta de compromisso e responsabilidade de certos "casais" jovens. Isso gera obsessão, possessividade e loucura...você deve saber disso.

    E se acha que não há uma "Agenda Cultural" para promover tais maus-comportamentos e tamanha decadência da Civilização, precisa se aprofundar um pouco mais no assunto "Conspiração".

    Assim como em "Fancy", Iggy Azalea está priorizando um alter-ego ruim das Mulheres (a "Vadia Má"). E se existem garotas que acham isso "legal", acredito que a coisa está pior do que eu imaginava...

  • Joyce Oliveira said:  

    Eu acho que todos esses artistas tem um talento isso ninguém pode negar, eles só usam isso de um jeito errado. E se voces notarem nessas premiações tem se destacado os artistas mais novos, como esse ano foi : Ariana Grande, Iggi Azalea, um grupo chamado fifth harmony, entre outros jovens artistas.. como vejo aqui no blog do Dani, a elite usa o artista até um certo momento e depois descarta-o e se pararmos pra pensar os artistas mais antigos como, Britney, Mariah, Aguilera, entre outros .. ja não lançam tanta coisa porque sabem que nao vao ter tanta notoriedade, a Britney por exemplo, ela lançou seu último álbum que foi Britney Jean que rendeu uns singles mas não foi citada em premiações, me corrijam se eu estiver errada. As pessoas até pensam que esses artistas sumiram mas nao eles continuam fazendo música só que são ofuscados pelas novas marionetes, cada ano que passa a decadência é maior, eles criam esses tipos de premiações por 5 motivos : premiar quem mais tem cumprido com a agenda da elite, transmitir simbolismo seja através das performances ou mesmo do cenário, divulgar suas novas marionetes, lucrar com tudo aquilo, e causar polêmica, porque isso também atrai público. E nao sei ae é algum tipo de loucura minha mas na maioria dessas premiações um pouco antes sempre morre um artista pra eles citarem e/ou fazerem algum tipo de "homenagem" como esse ano foi o Robin Williams, que morreu semanas antes do evento. Que muita coisa de errado nisso tudo todos nós sabemos, cabe a nós pedirmos discernimento de Deus para entendermos e estarmos preparados pra tudo.

  • Crazy said:  

    "Minha anaconda não quer nada, a menos que você tenha PÃES"

    White people this shit need stop.

  • Andressa Weitgenant said:  

    Felipe Pereira - Há diversos artistas que eu gosto e outros que não gosto. Não afeta minha habilidade de interpretar as músicas delas ou a arte delas. Até por que não neguei o fato de as duas terem simbolismos em seus trabalhos. Conheço a Iggy há mais tempo e sei da vida pessoal dela, a música fala sobre um amor doentio, mas não a esse nível. Cada um interpreta de um jeito, sempre vai ser assim. Eu só acho essa interpretação exagerada e pra mim beira o fanatismo. Falar que uma artista desceu o nível no VMA sendo que a apresentação de Black Widow, pra mim, é a única que salvou toda a sexualização que foi. Nicki Minaj balançando a bunda, depois segurando o vestido rasgado, a Ariana bancando a criança inocente que agora é safadinha... Terão outras premiações e talvez nessas próximas Iggy e Rita possam ser as que eu vou falar mal e farão totalmente parte da agenda, eu achei elas bem menos do que interpretaram. E a crítica de ANACONDA do danizudo é ainda muito pobre, a música fala sobre uma mulher que transa com homens para ter roupas de marca e drogas, é bem pior do que parece.

  • Andressa Weitgenant said:  

    Felipe Pereira

    E não acho que a música Fancy tenha esse intuito. Vadia má kkk Existem músicas e músicas, atualmente muitas podem não trazer as melhores mensagens, mas essa é de longe a menos ofensiva e dentro de qualquer agenda que eu ache relevante. Sem falar que isso de Mk Ultra ao contrário... não sei não, pra mim elas estão sempre fazendo o papel de manipuladas como artistas. Nunca li nada sobre o mk ultra feito por mulheres mas eu acho bastante curioso o tema. Enfim, não preciso ficar criticando você ou questionando o quanto você sabe ou não só por que não concorda comigo. :)

  • Andressa Weitgenant said:  

    Gabriel Souza Araujo Lady Gaga ano passado foi uma piada. Ela com aquela privada branca na cara... se trouxe algum conteúdo pra muitos foi só comédia, por que eu só vi o pessoal rindo e falando "que merda é essa?" na verdade ela só ajuda na agenda da "falta de conteúdo" trazendo ainda mais no sense pra uma premiação imbecil.

  • Don Balboa said:  

    Glad to have found your site. Keep up the good work! DB Product Review

  • Sara Pimentel said:  

    Essa série existe sim na Nick! Querida, você é quem tem que se informar!!!

  • Aloizio1982 said:  

    Qual o significado de as vezes se tapar o olho esquerdo, e as vezes o direito.
    Deve ter uma diferença nisso aí.

  • Carol Matos said:  

    Acho tão engraçado quando vcs falam "conheço a vida pessoal dele(a)" ... em outro post uma menina afirmou que a Rihanna era cristã, quase morri de rir... aff, acorda pra vida gente... a mídia é uma m*r*d* e "a gente" NÃO conhece os artistas! Mt menos a vida "pessoal" deles... Nós e o Danizudo não sabemos da missa a metade.

  • WANESSA KEROLY said:  

    Ha quanto tempo essa pessoa ai de cima não vê a nick?

  • marcella oliveira said:  

    Eu , estou tão confusa.Quer dizer que todos eles (Justin Bieber,Ariane, Fifth Harmony,Miley ,Demi lovato etc) Todos tem demônios?.Não podemos mais gostar dele?

  • Saáh Fernandes said:  

    Não é questão de ter demônios eles apenas são fantoches do sistema

  • larissa victória lari said:  

    Byonce admitiu ter um demônio chamado Sasha Fierce

  • Anônimo said:  

    Sobre o comentário:
    "Aline Pessoa said:
    Sam e Cat um programa da Nick??? Sério, vc poderia NO MÍNIMO se informar melhor colega. Só uma dica, elas eram de programas diferentes tá. ;)"
    Aline, que grossa vc! Sam e Cat é um show (série, como nós brasileiros falamos) do canal Nick sim! Minha sobrinha assiste. É muito idiota (a série), meu Deus! Agora ela já tá maiorzinha e é fã da série Liv e Maddie, mas ainda não surgiu oportunidade de eu ver nenhum episódio com ela.
    Quando eu posso eu tento orientar meu irmão e minha cunhada sobre os programas, mas eles não me levam a sério. Até hj só consegui que ela não assistisse mais o desenho Hora da Aventura e É apenas um Show (ou qualquer coisa parecida). Agora ela quase não vê desenhos (odeio a falta de educação da Peppa).
    Mas ela vê muito Disney (o que me preocupa). Agora tá na moda esse filme Descendents da Disney. Gostaria de mais conhecimento sobre. Não sei, me parece meio exaltação do Mal. Deus nos Livre!
    Abraços! Adoro seu blog!

  • Leave your response!

    NÃO serão aceitos comentários que:

    - Forem desagradáveis;
    - Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
    - Usarem CAPS excessivamente;

    Seus comentários poderão levar algumas horas para aparecer nesta página. Eles não serão necessariamente respondidos pelo autor.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste site.