Os Melhores Posts de 2012

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012 13 comentários

Mais um grande ano termina! E que ano! Talvez este tenha sido o ano mais exaustivo de minha vida. Estive muito atarefado, com horários super irregulares, até nos fins de semanas, e isso refletiu-se no meu trabalho aqui também. Mesmo assim, tentei mais uma vez trazer novos vídeos e artigos com informações e interpretações interessantes para acrescentar ao conhecimento de vocês ainda mais. Mal acredito que já faz três anos que estamos com esse site. Agradeço a cada um que algum dia aqui  esteve, seja para se informar, entreter-se, surpreender-se ou falar mal. Todos vocês com certeza aprenderam alguma coisa que não vão esquecer. Espero que façam bom uso dessas informações e busquem entendê-las de maneira correta.

No ano de 2012, muitos de nossos posts, mais uma vez, chamaram muita atenção. A série A Indústria da Música Exposta, que já estava no fim, finalmente foi concluída e, ainda, conseguiu surpreender todo mundo com a relevância de seu última tema. Já Os 7 Sinais, que ainda não foi finalizada, terá sua última parte em breve, a qual terá uma mensagem profunda e fará muita gente refletir um pouco mais sobre suas vidas. 

Existem também outros posts de 2012 que acredito que tenham sido edificantes. Nesta última postagem, compilaremos os melhores 10 posts de 2012, com base no múmero de visualizações, comentários dos leitores e divulgações nas redes sociais. Vamos aproveitar também e relê-los, bem como divulgá-los para aqueles que ainda não tiveram o privilégio de conhecer esses assuntos.


Aqui está a quinta, e mais esperada, parte da série Os 7 Sinais. Na verdade, esse capítulo já estava sendo produzida em janeiro, mas devido ao retorno das minhas atividades profissionais em fevereiro e inúmeras outras mudanças em minha rotina, não encontrei mais tempo para editar vídeo, visto que essa é uma atividade que demanda muito tempo e paciência (os editores de vídeo que o digam).Continue lendo


No dia em que Whitney Houston foi pronunciada morta, a mídia imediatamente começou a especular que a causa provável seria overdose e anos de abuso de drogas pesadas como cocaína. Eles enfatizaram bastante o fato de Whitney ter sido uma usuária de cocaína confessa e que, sendo assim, não haveria espaço ou lógica para suspeitar de qualquer hipótese de 
 Continue lendo

 8º - As Vítimas de Controle Mental Expostas 

 O Controle Mental Mk-Ultra foi, inicialmente, um projeto secreto e ilegal desenvolvido pela CIA por volta da II Guerra Mundial, visando criar escravos que agissem de acordo com a vontade de seus manipuladores, para fins corruptos do governo, assim como discutimos inúmeras vezes neste site. Muitas informações sobre esse projeto foram destruídas e, agora, tudo que temos é a versão ... Continue lendo


Provavelmente, o assunto mais abordado neste site foi a conspiração envolvendo a indústria da música. Foram diversos vídeos e posts expondo assuntos que antes eram desconhecidos do público geral, como a programação monarca, por exemplo. Assuntos que são difíceis de entender senão por meio de uma linguagem mais simples. O objetivo inicial do site não era abordar .. Continue lendo


Assistidas por quase um bilhão de telespectadores em todos os cinco continentes, as cerimônias olímpicas de 2012 foram, por algumas horas, o foco do mundo. Como é o caso da maioria dos eventos de alto perfil da mídia, mensagens da elite mundial, símbolos e de sua agenda faziam parte do show. Cerimônias olímpicas estão muitas vezes entre os eventos de televisão... Continue lendo


Você que acompanha nosso trabalho a bastante tempo, conhece a seriedade com a qual tratamos os assuntos relacionados à Nova Ordem Mundial, nosso objetivo e nossos embasamentos. Durante quase três anos, apresentamos informações alternativas àquelas que a mídia utiliza para representar os fatos, procurando encontrar a melhor maneira


Quando eventos terríveis, como o infame "Tiroteio do Batman" ocorrem, eu tendo a não ter uma reação instintiva de gritar "É uma conspiração", porque, obviamente, às vezes não é. Mas em alguns casos, como esse, algumas informações começam a vazar, sincronicidades estranhas começam a vir à tona e, a certa altura, não se pode deixar de pensar "hmm", "hein?" e "o quê?"...


 O novo vídeo de Katy Perry, "Wide Awake", provocou bastante curiosidade de fãs e espectadores nessa semana, porém não deve ter causado nenhum espanto para os leitores (que realmente lêem todos os artigos) deste site. O vídeo é mais um do gênero que conta a história de como o artista conseguiu fama e sucesso por meio de controle mental baseado em trauma
Continue lendo


O Grammy 2012 teve lugar num contexto horrível: a esteira da morte súbita e misteriosa de Whitney Houston. O show continuou, no entanto, mas não sem uma grande quantidade de símbolos estranhos e eventos que deixaram uma coisa muito clara: há definitivamente um lado negro no mundo do entretenimento. Vamos olhar para os fatos...
 Continue lendo

- Os 7 Sinais - Parte 4 - A Vinda do Anticristo 

 Desde os tempos antigos, há mistérios em torno dos acontecimentos do fim dos tempos que permearam a existências de diversos povos antigos. Civilizações em todo mundo registraram, de algum modo, sua escatologia, muitas por meio da mitologia, mas nenhuma foi tão precisa quanto os registros bíblicos proféticos que se encontram hoje a nossa disposição.
Continue lendo

,

Imagens Simbólicas (dezembro/12)

O nome do último disco de Christina Aguilera "Lotus" é mais uma referência simbólica dentro da mesma conspiração esotérica. A flor de lótus está intimamente associada à deusa Ísis. Existem várias obras que falam dessa associação e que também atribuem a Ísis o título de "dama do lótus". Existe também uma versão egípcia de que Hórus nasceu de uma flor de lótus, ou seja, Ísis. 

Já o vídeo para seu primeiro single "Your Body" é altamente apelativo e mostra Christina Aguilera recebendo uma mensagem do tipo "MK Ultra" para matar vários homens depois de ter relações sexuais com eles. O vídeo começa com uma chamada de um médium dizendo que ela terá uma "semana de matar". Na verdade, ele está ativando, além de sua alter-persona sex-kitten (sexual), sua alter-persona assassina (programação Delta). 

A estampa felina mostra que o vídeo é sobre controle mental.

 A edição de dezembro da revista XXL apresenta o rapper Big Sean 
escondendo um olho e mostrando porque ele está vivendo uma boa vida.

Depois, ela apareceu em uma programa de música da BET dizendo que não sabe porque as pessoas começaram a falar sobre sua foto na capa da revista, e que ele mesmo não sabe nada 
sobre os Illuminati. Ok, então desconsiderem a imagem anterior porque ele disse que não sabe sobre os Illuminati (e também não sabe porque teve que tampar um olho para tirar aquela foto).

Jared Leto mais uma vez esbanjando simbolismo com o
 fotográfo predileto dos artistas Illuminati - Terry Richardson.

Ke$ha continua promovendo seu disco com bastante simbolismo.
Agora até mesmo os dançarinos são obrigados a participar disso.

A campeã do ano em simbolismo oculto se apresentou no SNL com imagens
 do piso e dos pilares maçônicos. Continue firme agradando a seus chefes!

A capa do single do rapper French Montana mostra uma imagem parecida.

Jessica Chastain na capa da revista W.

Elle Fanning em ensaio para a revista Bullet - "um olho" e transhumanismo.

 
Marca de sapatos "Fallen". Aquilo é uma pirâmide e um olho?

Azelia Banks exibindo simbolismo no vídeo "Atlantis".

Keyshia Cole trocando sua alter persona?

Nicole Kidman na capa da revista Du Jor.

Kanye West usa máscara de pena em Atlantic City e choca o público.

Assustador!

Obrigado a todos que colaboraram enviando imagens simbólicas a este site no ano de 2012.

Veja Mais

,

CSI: Las Vegas - Simbolismo Illuminati

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 20 comentários

A série "CSI: LAs Vegas" é centrada nas investigações de um grupo de cientistas do departamento de criminalística da polícia de Las Vegas. Esses cientistas desvendam crimes e mortes em circunstâncias misteriosas e pouco comuns. Em um episódio da sexta temporada, a polícia é levada a desvendar o assassinato de uma vidente, dentro de sua loja de ocultismo. Perceba como o símbolo Illuminati mais frequente é associado a mediunidade, esoterismo ou ocultismo. Dentro da loja, há outros símbolos ocultistas como o pentagrama, por exemplo. O pentagrama é usado em rituais de ocultismo, confirmando a natureza satânica da mediunidade e da adivinhação. Em uma cena, o pentagrama é visto alinhado com um "olho" na cortina. Todos esses elementos presentes aludem ao crime, cometido no interior da loja, ter sido na verdade um sacrifício satânico. 


 Leia Mais  
Simbolismo Illuminati - Filme: Um Tiro na Noite (1981)
Simbolismo Illuminati no Filme Lanterna Verde

, , , ,

Illuminati: Mito ou Verdade - Parte 2

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012 14 comentários

Aqui está a segunda parte da matéria "Illuminati: Mito ou Verdade" da Rede Boas Novas exibida em maio de 2012. Divulguem!
 

Leia Mais 
A Ordem dos Illuminati: Suas Origens, Seus Métodos e Sua Influência Sobre os Eventos Mundiais 
Os 7 Sinais - Parte 3 - A Nova Ordem Mundial

, , , ,

Illuminati: Mito ou Verdade? - Parte 1

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012 17 comentários

A Rede Boas Novas fez uma matéria interessante esclarecendo alguns pontos referentes aos Illuminati e a conspiração da Nova Ordem Mundial. Embora muito já tenha sido discutido em nosso site, especialmente na série "Quem são os Illuminati" e "Os 7 Sinais", achamos relevante compartilhar este vídeo. Os pastores Ednaldo Carvalho e Marcos Andrade explicam como os Illuminati surgiram e como eles têm se organizado nos dias atuais, ajudando a separar o que é verdade, especulação ou apenas teoria. Todas as informações vão ao excelente encontro das encontradas em nosso site. Dividimos o vídeo em duas partes para que não fique cansativo assisti-lo. Aguarde a continuação.


Leia Mais  
A Ordem dos Illuminati: Suas Origens, Seus Métodos e Sua Influência Sobre os Eventos Mundiais  
Os 7 Sinais - Parte 3 - A Nova Ordem Mundial

, ,

Ke$ha "Die Young" e o Massacre em Sandy Hook

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012 26 comentários

Lançado em meio a muito estardalhaço no mês passado, o vídeo e a música "Die Young" de Ke$ha, que havia sido um grande hit nos EUA, culminando com o segundo lugar na Billboard, na realidade promove a morte, além do simbolismo Illuminati explícito que pode ser identificado no vídeo e em sua apresentação no X Factor Australia. Dissemos ainda que "Die Young" encontra-se em uma agenda específica de como promover a cultura da morte (ou seja, Morrer Jovem "Die Young") e sexualizar tudo (veja o artigo intitulado O Simbolismo Illuminati em Ke$ha "Die Young" e Como Ele Ridiculariza as Massas). O vídeo de Ke$ha "Die Young" foi, por exemplo, um dos vídeos Illuminati mais flagrantes já lançado. O simbolismo é tão evidente que tornou-se quase ridículo e forçou até mesmo fontes de música super populares como a Billboard.com "admitirem" que o vídeo realmente tinha símbolos Illuminati.

 Agora, após um mês de bastante estardalhaço, o single da cantora está fazendo manchete novamente, desta vez por um motivo negativo, no entanto. Após o massacre na escola infantil em Newtown, EUA, na semana passada (que espera eu que não seja mais um mega-sacrifício), o single começou a rapidamente cair nas rádios. Os medidores de audiência das músicas na rádio ficaram surpresos com a repentina e acentuada queda de audiência da música nos EUA. Porém, é óbvio que em uma nação consternada após mais um massacre em escola (dessa vez envolvendo crianças pequenas), escutar ou cantar um refrão como "Nós vamos morrer jovens", "Nós vamos morrer jovens" não tem nenhum cabimento. Na verdade, esse tipo de música não deveria ser cantada em nenhum momento sequer, pois, embora seja "apenas uma música", ela carrega, transmite significado e começa a fazer parte da subjetividade de seus ouvintes (veja A Indústria da Música Exposta - Parte 10 - Os Efeitos da Música no Cérebro).

Após perceber que seu single estava sendo derrubado nas rádios, imediatamente, Ke$ha escreveu em seu Twitter (provavelmente como uma forma de tentar amenizar a situação):


"Meus sentimentos mais profundos para as pessoas em Newtown, Connecticut."


Entretanto, a música começou a ser excluída das rádios ainda mais. Na última terça-feira, a mídia começou a falar de como a canção perdeu 19 milhões de ouvintes após o massacre, o que provavelmente forçou a artista a tuitar novamente:

Ke$ha em seu twitter (18/12) - o tuíte foi removido 
porque deve deixado os "chefes" furiosos.
 

Eu sinto tanto por aqueles que foram afetados por essa tragédia e eu entendo porque minha música é inapropriada agora. Palavras mal podem expressar.

Eu entendo. Eu tive meus problemas com "Die Young" por essa razão. Eu NÃO queria cantar essa letra, mas eu fui forçada.


Ke$ha foi forçada cantar a letra da música "Die Young"? É mesmo? Por quem? Acho que não é novidade para os leitores deste site que artistas mainstream são forçados a se vestirem daquela maneira, falarem daquela maneira, cantarem aquelas músicas e espalharem aqueles símbolos. Ke$ha é apenas mais uma "marionete nas mãos dos mestres das marionetes", e o vídeo de "Die Young" é mais um exemplo de que a ideia original da música e do clipe nunca foi de Ke$ha, mas de uma grupo de pessoas que trabalham por de trás desses artistas. Esse é o motivo pelo qual encontramos os mesmos símbolos em tantos trabalhos musicais nos últimos tempos.

Mas a pergunta que não quer calar é: Será que "Die Young" teve alguma conexão com o massacre em Sandy Hook? Será que a música era mesmo uma referência a algo que estava para acontecer? Veja bem: Ke$ha foi forçada a fazer essa/esse música/vídeo, encharcada(o) de simbolismo Illuminati, que foi a primeira música a ser lançada, foi um sucesso de rádio, o vídeo "glamourizou" a morte e o sacrifício e, também, acabou precedendo um massacre brutal de crianças em uma escola. Será que havia alguma conexão ali? Será o massacre em Sandy Hook mais um mega-sacrifício e a canção de Ke$ha uma "pista" para esse evento? Como visto em artigos anteriores neste site, por motivos cabalísticos, mega-rituais são geralmente precedidos por "pistas" nos meios de comunicação, de aviso ou preparação das vítimas (e do mundo) para o que está por vir.

Obviamente, nem tudo é uma conspiração e não há ainda evidências para supormos que Sandy Hook foi uma mega-ritual. No entanto, o que Ke$ha tuitou prova que os produtores dessa canção tinham um objetivo específico e obscuro quando "forçaram" a artista a lançar uma música com essa letra. Parece que a coisa está ficando cada vez mais explícita que nem eles mesmos estão dando conta de escondê-la. Leia abaixo o artigo da Billboard sobre o ocorrido.


Ke$ha foi forçada a 'cantar' Letra de "Die Young", Ela tuíta

Com "Die Young" de Ke$ha retirada de um monte de estações de rádio, depois da tragédia do tiroteio em Newtown, Connecticut, a cantora da RCA Records fez sua própria crítica sobre a canção de sucesso na terça-feira. 

 "Eu entendo. tive meus problemas com "Die Young" por essa razão.", ela escreveu no Twitter na noite de terça-feira. "Eu NÃO queria cantar essa letra, mas eu fui forçada".

 O tuíte foi excluído não muito tempo depois. Um representante da RCA não tinha retornado  um pedido de comentário até o momento. Não ficou claro até o momento quem ela poderia ter alegado tê-la "forçado" cantar as letras. Ke$ha assina a música ao lado de  Fun.'s Nate Reuss e os produtores Dr. Luke, Benny Blanco e Cirkut. Luke também é o chefe da Kemosabe, o selo que libera seus álbuns através da RCA. Ela é dirigida pela Vector Management. 
 
Ela dirigiu-se aos eventos de Connecticut mais diretamente com seu tuíte seguinte, que continua publicado.
 
"Eu sinto tanto por aqueles que foram afetados por essa tragédia e eu entendo porque minha música é inapropriada agora. Palavras mal podem expressar.", ela tuitou.
 
O diretor do programa de rádio da WDAQ e apresentador matinal Rich Minor disse à Billboard.com que a música não estava mais em rotação na estação de Danbury, Connecticut. 

 "Estávamos tocando até antes de sexta-feira, mas não depois e eu acho que nós não tocaremos mais", disse ele. "Mesmo que seja uma música pop/dance divertida sobre aproveitar o momento, tudo o que as pessoas vão ouvir agora é aquelas duas palavras no título." 
 Ele também removeu "Pumped Up Kicks" do grupo Foster the People's, voltando-se, ao invés, para faixas que incluem Eric Clapton "Tears in Heaven" e Bette Midler "Wind Beneath My Wings". "Die Young", em 3º no Hot 100, cai para a posição 2ª na paradas pop desta semana, depois de uma queda de 11% em tocadas nas rádios, na semana cobrindo 10-16 dezembro. O tiroteio, que custou a vida de 20 crianças e seis adultos na escola fundamental Sandy Hook, além do atirador e sua mãe, foi sexta-feira, dia 14 de dezembro. 


Leia Mais
"O Imaginário de Doutor Parnassus" e o Sacrifício de Heath Ledger

,

Morte de Amy Winehouse será investigada novamente

terça-feira, 18 de dezembro de 2012 13 comentários

 No artigo intitulado Amy Winehouse - Mais um Sacrifício Satânico, mencionamos que as circunstâncias da morte de Amy Winehouse eram bastante "suspeitas", e que mortes "suspeitas" de celebridades são muitas vezes seguidas de explicações vagas, investigações mal feitas e todo tipo de negócios obscuros. Depois de meses de reviravolta sobre a causa da morte de Amy Winehouse, a legista que estava investigando o caso da cantora, Suzanne Greenaway, demitiu-se porque ela "não teria as qualificações adequadas". Ainda mais estranho, ela havia sido nomeada para essa posição particular por seu marido, o médico legista Dr. Andrew Scott Reid. Esses eventos fizeram com que toda a investigação fosse realizada novamente. Nessa semana, foi confirmado que as investigações serão reabertas. Isso mesmo, confusão, contradições, investigações superficiais ou mal feitas e tudo que geralmente envolve sacrifícios de celebridades podem ser encontrados também nesse caso. Aqui está um artigo sobre a investigação da morte da cantora Amy Winehouse que será reaberta em janeiro.


Morte de Amy Winehouse pode não ter sido
 causada por excesso de álcool

 Uma nova investigação sobre a causa da morte de Amy Winehouse está em andamento porque as autoridades de Londres chegaram à conclusão que a legista responsável pela autópsia da cantora não era qualificada para o trabalho.

A investigação sobre a morte de Amy Winehouse (1983-2011) sofreu uma reviravolta. Segundo o site TMZ, a cantora pode ter morrido por outro motivo que não a intoxicação por excesso de álcool. 

As autoridades inglesas concluíram que a legista que dirigiu a autópsia da cantora, Suzanne Greenaway, não era qualificada para o trabalho. Isso porque descobriu-se que ela foi indicada para o cargo pelo marido, em 2009, sem que tivesse os cinco anos de experiência exigidos para a função.

 Um novo inquérito está sendo aberto pelas autoridades britânicas para apurar o que realmente aconteceu com a musa de Rehab. A família de Amy afirmou que não está por trás do pedido de reabertura do caso.

Amy foi encontrada morta na casa onde morava no bairro de Camden Town, em Londres, em 23 de julho de 2011. "

Fonte


Leia Mais 
Amy Winehouse - Mais um Sacrifício Satânico
A Indústria da Música Exposta - Parte 9 - Por que Whitney Houston Foi Assassinada?

, ,

"Scream and Shout": um Vídeo de Britney Spears sob o Controle Mental

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012 40 comentários

O vídeo de will.i.am e Britney Spears "Scream and Shout" apresenta Britney "cantando" com um sotaque britânico. Mas essa não é a única parte relacionada ao controle mental nesse vídeo. Neste artigo, vamos analisar o simbolismo de programação monarca no vídeo da música "Scream and Shout".

 Britney Spears é, provavelmente, a vítima mais óbvia de controle mental na indústria da música. Se os fatos estranhos a respeito de sua vida pessoal não forem suficientes para convencer um observador que conhece o assunto, o simbolismo em torno de seu trabalho diz tudo. Quase como se seus manipuladores estivessem zombando de seu triste estado mental enquanto se vangloriam disso na frente do público, Britney é mandada fazer vídeos como Hold It Against Me (leia o artigo aqui) e Scream and Shout - que simbolicamente se referem a sua própria escravidão mental. 

 Como todas as coisas relacionadas com a elite oculta, a mensagem é transmitida de formas simbólicas e escondidas, que requerem algum conhecimento prévio para ser compreendido. Visto desta forma, "Scream and Shout" é mais um exemplo de um vídeo pop que mistura simbolismo de controle mental escondido sob o disfarce de "estilo" e estética. 

Enquanto will.i.am parece estar fazendo o papel do manipulador (ele "seleciona" um alter persona de programação monarca no início do vídeo), Britney faz o papel do escravo, ela até mesmo canta com um sotaque britânico estranho - como se um alter persona tivesse sido acionado. Escravos monarcas podem, efetivamente, ser programados para encarnar uma identidade totalmente diferente, completa com uma história de vida e um sotaque.

 O fato perturbador sobre Britney cantar com um sotaque britânico é que, durante o tempo em que ela foi notícia de tabloides pelos seus "problemas mentais", ela foi flagrada falando com um sotaque britânico de verdade. Aqui está um artigo de 2008, que descreve o comportamento estranho de Britney. O texto ainda afirma que seu comportamento estranho é sintomático de "transtorno dissociativo de identidade" - um termo médico que descreve muito bem o que é a programação Monarca. (Além disso, observe a estampa felina na foto ao lado - uma estampa usada para identificar escravos monarcas sex-kitten). 


Britney Spears cai num Sotaque Britânico


Britney Spears tem um novo acessório para combinar com sua peruca rosa: um sotaque britânico. Nas últimas semanas, Britney Spears, 26 anos, foi filmada inúmeras vezes trocando seu sotaque de Louisiana por inflexões do Reino Unido. 

"Ela tinha esse sotaque Inglês o tempo todo" enquanto fazia compras em Kitson na última quinta-feira, de acordo com uma fonte. "Ele não parava." 

Mesmo quando estava com raiva, o sotaque aparecia. Em uma viagem de compras em LA, na Macy, em 13 de janeiro, ela gritou com os paparazzi, "Saiam da minha frente!" - Com um sotaque britânico.

 Então, é tudo brincadeira ou ela virou sua peruca rosa? 

"Quando alguém tem transtorno dissociativo de identidade" - anteriormente conhecido como distúrbio de múltipla personalidade - "cada identidade é separada uma da outra", diz a psicóloga de LA, Renee A. Cohen, que não está tratando Spears. "Cada identidade teria seu próprio nome, memórias, traços comportamentais e características emocionais." 

Cohen diz que a questão fundamental é: "Quando Britney usa o sotaque britânico, ou parece assumir outra identidade, ela sabe que ela é a Britney Spears?"

"Caso contrário, ela pode simplesmente estar se comportando dessa forma por atenção, simpatia, ou qualquer outro motivo", acrescenta Cohen. "É tolice tentar diagnosticar ela sem uma avaliação formal."

Uma possível influência poderia ser avó materna de Spears, Lilian Pontes, que era originalmente da Inglaterra. 

Além disso, o novo namorado de Britney, o fotógrafo Adnan Ghalib, cresceu em Birmingham, Inglaterra. 

De acordo com os paparazzi que arrastam o cantor ao redor do relógio, uma coisa é certa: a peruca rosa significa que algo está mudando. 

"Quando ela coloca a peruca rosa, você só sabe que alguma loucura está prestes a acontecer", disse um paparazzo. 

 - Fonte: People.com


Então, Britney, que foi diagnosticada com graves problemas psicológicos, canta com um sotaque britânico, um sintoma de transtorno dissociativo de identidade, que é uma de suas condições relatadas. Não é isso um pouco estranho? Usar um sintoma de uma doença mental em uma música pop? Especialmente considerando o fato de que ela provavelmente foi mandada fazer isso? Mas a verdade real por trás de tudo isso é ainda mais estranha: Britney simplesmente não tem "problemas psicológicos"... ela é uma vítima de controle mental. Ela provavelmente tem várias personas programadas para ela - uma delas pode ter um sotaque britânico. No "Scream and Shout", esses alter personas  parecem estar sendo ligados.

Isso pode soar um pouco estranho, mas o simbolismo no vídeo torna tudo claro. (Para mais informações sobre Controle Mental Monarca, por favor leia primeiro o artigo intitulado de Controle Mental Monarca: Suas Origens e Técnicas). 

"Scream and Shout"... É Totalmente sobre Controle Mental

De acordo com o diretor do vídeo, Ben More, o tema do vídeo é de multiplicidade. Ben diz que a idéia por trás dele "foi essencialmente tentar reduzir o que a canção é para os símbolos". Britney multiplicando-se e extensas imagens relacionadas ao MK realmente dão ao vídeo um significado simbólico sombrio.

O vídeo não tem uma trama complexa, em vez disso, é composto por uma série de imagens com apelo estético. E, claro simbolismo MK. Em vez de balbuciar por dias sobre esse vídeo, vou apenas destacar algumas de suas imagens simbólicas - que seguem com temas promovidos pela elite, tais como o controle mental e a desumanização.

Multiplicando Personas 

 will.i.am está selecionando um alter persona para Britney?

 O vídeo começa com will.i.am dando uma olhada nos filtros (à la Instagram) para aplicar em uma foto de uma borboleta. Essa cena pode representar will.i.am como um manipulador de programação monarca que muda e ativa os alter personas de um escravo MK. Esse escravo é representado aqui por uma borboleta monarca tendo alters aplicados a ela do mesmo jeito que os filtros são aplicados às imagens. Mas quem é a borboleta MK? Britney Spears com seu falso sotaque britânico, é claro.

Em várias ocasiões, Britney é mostrada "multiplicando-se". É uma forma de,
 simbolicamente representá-la sofrendo múltiplas personas? will.i.am recebe o 
mesmo tratamento - manipuladores são muitas vezes vítimas MK também.

 Nesta cena, aparentemente aleatória, um desconhecido encapuzado bate
 em uma parede e a quebra em vários pedaços. Isso representa um escravo 
MK fragmentando-se em múltiplas personalidades? 

 Desumanização

 O tema do transhumanismo, robotização e desumanização é sempre prevalente em vídeos de temáticas MK, e esse não é exceção. Além da música fortemente auto-sintonizada e robótica no vídeo, os espectadores são tratados com recursos visuais que refletem a tendência constante de desumanização na mídia de massa. Escondido sob o pretexto de ser futurista, essas imagens dizem aos telespectadores como a elite acha que o futuro deve se parecer.

 Essa empresa de membro artificial provavelmente pagou um bom preço para ter 
seu produto apresentado no vídeo. Está lá também porque sincroniza perfeitamente
 com o tema robótico e desumanizado do vídeo.

 A imagem anterior lembra um pouco esta imagem popular representando 
o transhumanismo -  que promove a fusão de humanos com robôs. 

 Aqui vemos um modelo 3D de will.i.am sendo concebido... 
um will.i.am sintético criado por uma máquina. 
 
 Retratado como cabeça de animal pendurado na parede? Assim como os caçadores orgulhosamente fazem com os animais que foram caçados? Não é muito cativante. 
 
Um Olho
É claro que neste vídeo com a temática MK-Ultra, há algumas imagens do "um olho".  

 Um dos olhos desse cara é, aparentemente, uma lente de câmera - uma maneira
 assustadora e futurista de colocar o sinal do inevitável "um olho" no vídeo.  
 
 Cara da esquerda: um olho por nenhuma razão em particular.
 
Encontrando outra vítima? 
 
  will.i.am dispara uma rede que pega uma estátua dourada de uma mulher nua. 
Será que o manipulador  encontrou uma nova vítima para o programa? 

 Conclusão   

Quando alguém entende as verdadeiras condições da vida de Britney Spears como uma escrava monarca sob o controle de manipuladores MK - o significado subjacente de seu vídeo "Scream and Shout" é um pouco inquietante. Há algo seriamente estranho em tê-la cantando e fazendo vídeos sobre a sua própria escravização, e até tendo que adotar um sotaque britânico, da mesma forma quando ela sofreu um colapso em 2008. Há algo ainda mais estranho em fazer jovens de todo o mundo assistir a essas imagens, não sabendo que simbolicamente elas se referem à programação monarca, uma prática que é tão sádica quanto horrível.
 Leitores regulares deste site podem notar que há redundância nas mensagens e imagens encontradas em vídeos pop recentes. Embora isso também faça com que alguns de meus artigos de música sejam um pouco redundantes, meu objetivo é destacar o ritmo em que eles emergem, para provar que há um esforço consciente e sustentado para empurrar uma agenda específica para as massas. Cada repetição é mais uma prova de que não há coincidência, apenas a execução de uma agenda clara e definida focada na propagação e normalização de um conjunto específico de mensagens e símbolos.
 Dada a forma como Britney é ridicularizada em seu próprio vídeo, é fácil entender que aqueles que estão no controle não apenas têm intenções negativas... mas apreciam o fato de eles possuirem esse escravo virtual. Considerando o estado de espírito, você não iria pensar que eles adorariam ver o mundo inteiro, até certo ponto, sob esse tipo de controle mental?
 
Fonte: VC
Leia Mais

,

Preso alega que James Holmes confessou ter sido "Programado para matar"

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012 10 comentários

No artigo intitulado O Tiroteio no Cinema em 'Batman' foi um Assassinato Ritualístico Realizado por um Escravo de Mente Controlada?, explicamos porque James Holmes pode ter sido um produto MK-Ultra. Agora, um preso chamado Steve Unruh afirma que Holmes confessou a ele que estava "programado" para executar as mortes.

 No artigo do Westword Denver, que não foi muito divulgado, Unruh de fato alega que Holmes lhe disse que foi programado para matar por um "terapeuta do mal" - um termo muito simples que descreve o que poderia ter sido o manipulador do controle mental baseado no trauma. Ele teria também acrescentado que "se sentia como se estivesse em um videogame" durante o tiroteio (que é um pouco como alguém se sente quando um alter persona é acionado), que "ele não estava em medicamentos" e que "ninguém iria ajudá-lo."

Unruh acrescentou que "quando ele saiu para ir a seu carro, ele não não estava mais programado", o que significa que ele provavelmente voltou para sua personalidade núcleo após os assassinatos. Holmes mencionou a PNL (programação neurolinguística), uma técnica de programação muitas vezes usada por manipuladores de programação monarca.


"Se alguém estudar a PNL, ele vai achar que os livros de PNL, como as técnicas básicas do Livro II por Clifford Wright, ensinam as pessoas a criar estados dissociativos, os quais são personalidades alternativas, e que ensinam as pessoas a desenvolverem diferentes estados de espírito, e pseudo múltiplas personalidades. É difícil expressar todos as diferentes relações que a PNL tem com a programação monarca, mas em momentos diferentes os conceitos de PNL certamente seriam úteis para os manipuladores. " 

- Fritz Springmeier, The Illuminati Formula Used to Create an Undetectable Total Mind Controlled Slave


Embora a maior parte do artigo do Westword Denver seja dedicado a desacreditar de Steve Unruh, aqueles que conhecem um pouco sobre a programação monarca podem perceber que sua história pode ter algum fundo de verdade. 


James Holmes: Estranho conto de "confissão" e tentativas suicidas 

 Steven Unruh está com difuculdades em convencer as pessoas de que ele passou horas conversando com o suspeito do tiroteio no cinema em Aurora, James Holmes, logo após sua prisão em julho passado. Funcionários da prisão dizem que não há nenhuma maneira de que Unruh poderia ter tido esse tipo de acesso. No entanto, certos elementos da história - o que inclui a descrição que se assemelha a rotina cansativa que fez Holmes parar no hospital na semana passada - têm atraído a atenção de aplicadores da lei e até mesmo de famílias das vítimas do tiroteio.

 "Eles vão tentar desacreditar da minha história", Unruh Westword disse em uma entrevista recente na cadeia. "Mas eu pude ter uma conversa de quatro horas com ele. Eu o convenci a não cometer suicídio." 

Há muitas razões para ser cético em relação ao conto apresentado por Unruh, um detento de 38 anos de idade, com uma longa história de posse de drogas e roubo. Para começar, seu relato do que Holmes supostamente o disse é tão bizarro quanto ao sonho febril de William S. Burroughs. Além disso, Unruh acabou de sair da prisão em janeiro passado depois de cumprir seis anos por metanfetamina e acusações de fraude de cartão de crédito, e ele diz que está sendo diagnosticado com uma condição bipolar.

 "Sempre foi metafetamina comigo", diz ele. "Se eu beber uma cerveja ou algo assim, eu ouço as vozes na minha cabeça que me levam a usar mais drogas. Eu tenho uma mente muito fraca."

 Ele está contando ao público seu relato de ter tido um encontro com Holmes, diz ele, só após  de interessar o gabinete do advogado do Arapahoe County District por sua história. Ele está atualmente enfrentando acusações criminais habituais e tinha a esperança de conseguir tratamento de saúde mental em vez de uma sentença de prisão de 12 anos. Apesar de um investigador ter o visitado, "o DA não tem trabalhado comigo", suspira. 

 O que Unruh pode provar é que ele estava em aguardo para detenção no Arapahoe sob acusações de drogas e roubo às 6:44 pm de 19 de julho -, poucas horas antes do ataque em Aurora na exibição da meia-noite de "O Cavaleiro das Trevas Ressurge" que deixou 12 mortos e dezenas de feridos. Unruh diz que ele ainda estava na área de aguardo quando os policiais trouxeram Holmes, cuja cabeça estava inicialmente coberta com um capuz. Embora Holmes tenha sido colocado em uma cela sozinho, Unruh diz que os detentos na área puderam se comunicar por meio de uma espaço pequeno na cela, que se move para frente e para trás sobre a grade. 

 "Eu não sabia quem ele era", Unruh explica. "Eu podia ouvir alguns caras negros gritando do outro lado," Você é um pedaço de merda! Mate-se! 'Eu tinha estado na prisão antes, foram o que eles disseram,' Diga a esse cara que ele não vai ser todo o alto e poderoso no pátio da prisão."

 Unruh diz que ele começou a falar com Holmes, explicando como os assassinos de crianças são mal recebidos na prisão. A equipe da prisão rapidamente cobriu a janela na porta da célula de Holmes com uma lona, ​​mas Unruh diz que ouviu batidas na parede com os punhos - e depois ele correndo, batendo seu corpo e sua cabeça contra a parede. (Unruh descreveu essa ação em uma entrevista que aconteceu vários dias antes de Holmes supostamente ter se envolvido em situação semelhante na semana passada.)"

Ele fez isso por dez minutos até eu não aguentar mais", diz Unruh. "Eu disse a ele: 'Não faça isso. Você precisa arrepender-se para as pessoas do que aconteceu." Ele me pediu uma carta de desculpas para as crianças."

 Capitão Vince Sauter do Gabinete do Xerife do Condado de Arapahoe diz que ambos o layout físico da área de aguardo e o monitoramento da equipe teriam impedido o tipo de diálogo que Unruh diz ter tido. "Mesmo se eles estivessem em espera, ao mesmo tempo, eles não poderiam gritar de uma célula para outra assim", diz ele. "Para alguém dizer que estava se comunicando com essa pessoa - isso não pode acontecer."

 O tenente J.D. Knight, que supervisiona diretamente as operações das esperas, concorda. "Seria impossível para o Sr. Unruh ter qualquer comunicação, ele declarou," ele diz. 

 Mas Unruh insiste que a conversa esporádica continuou mesmo depois de Holmes ter sido transferido para outra cela na área. Ele diz que Holmes lhe disse que "se sentia como se estivesse em um jogo de vídeo", durante o tiroteio, que "ele não estava sob seus medicamentos" e "ninguém iria ajudá-lo." Ele diz que Holmes também mencionou a PNL - presumivelmente, programação neurolinguística, uma abordagem da psicoterapia muito desprezada e fora de moda - e alegou ter sido "programado" para matar por um terapeuta do mal. "

Quando ele saiu para seu carro, ele não estava mais programado", diz Unruh. "Parecia uma espécie de loucura. Ele estava tentando executar aquilo por meio de mim, basicamente."

Unruh tem o número de telefone que ele diz que Holmes pediu-lhe para telefonar. (O número liga para o celular de um conselheiro de luto, que diz que não tem nenhuma familiaridade com Holmes ou Unruh.) Ele tem um documento que indica que James Holmes tentou enviar-lhe uma carta, mas que foi rejeitado pelas autoridades da prisão. (Knight diz que não tem registro de nenhuma carta enviada pelo Holmes para Unruh, interceptadas ou o contrário). Ele afirma ter recebido mensagens de Holmes através de outros presos desde aquela noite, mas ele admite que não sabe se o remetente era realmente Holmes.

Ainda assim, a história de Unruh parece ter atraído o interesse em um quarto improvável. Ele diz que Holmes disse que "andava para cima e para baixo pelos corredores" do cinema três vezes antes de abrir fogo, e que, detalhe, se for verdade, pode ter alguma influência sobre o litígio pendente por familiares das vítimas contra a rede de cinema. Unruh tem papelada indicando que ele está em comunicação com pelo menos um membro de família sobre esse ponto. 

 A história de Unruh pode muito bem vir a ser um absurdo. Se é seu absurdo ou do próprio Holmes, a falta de respostas na tragédia de Aurora fez algumas pessoas procurarem quaisquer respostas que possam ser encontradas.

- Fonte: Denver Westword
  

Fonte: VC

Leia Mais
Assassino de Robert Kennedy Alega que Estava sob Controle Mental
O Tiroteio no Cinema em 'Batman' foi um Assassinato Ritualístico Realizado por um Escravo de Mente Controlada?

, ,

Comercial do Danske Bank diz o que é Normal na Nova Ordem Mundial

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012 14 comentários

 Até fevereiro de 2012, Danske Bank pertencia ao financista da elite Pedro Straarup, que é membro da Comissão Trilateral (criada por David Rockefeller) e do grupo Bilderberg. O comercial mais recente do banco, intitulado "Um Novo Normal demanda Novos Padrões", é muito estranho, para não dizer profundamente inquietante e perturbador. Ele, basicamente, mostra um monte de coisas que supostamente são consideradas "o novo normal"... e a maioria dessas coisas não são boas. De fato, elas refletem um monte de coisas que são parte da Agenda da Nova Ordem Mundial, seja um estado policial, a repressão da liberdade de expressão, a propaganda do transhumanismo ou a lavagem cerebral das crianças. Sim, todas essas coisas estão maliciosamente mencionadas no comercial. Eu acho que a sua mensagem é para que o banco reconheça e entenda a realidade do mundo de hoje e assim por diante... Mas o produto resultante, no entanto, mostra um quadro sombrio do futuro.
 

Aqui estão algumas das coisas que o comercial considera ser a "nova normalidade".

 Um cara jogando uma pedra em policiais da tropa de choque. Desde quando isso é 
normal? Quando coisas assim acontecem, é porque a democracia está falhando
 miseravelmente. Então, não, isso não é normal, Danske Bank.

 Milhares de trabalhadores chineses apertados em uma linha de produção química.
 Isso parece com os dias de escravidão modernos. Não é normal, Danske Bank.

 Um cara desesperadamente bate em um policial da tropa
 de choque com o seu guarda-chuva. Isso é normal agora?

 Silenciar as pessoas com o dinheiro? Esse é o novo normal? Mas, falando sério, será 
que esse banco, na verdade, está dando o que a multidão precisa para ocupar Wall 
Street? A multidão que protestava contra... os grandes bancos? Há alguns jogos 
mentais estranhos acontecendo neste anúncio.

 Crianças recebendo lavagem cerebral por videogames que promovem um estado policial?

 Menina hipnotizada por um tablet? 

 Robôs jogando futebol? Será que o "novo normal" significa desumanizar tudo?

 Sorriso assustador e sem emoção que parece dizer "Ajude-me, estou triste"? 

Em suma, a maioria das coisas mostradas no vídeo não são normais. São coisas que a Nova Ordem Mundial quer ver se tornando normal, inundando os meios de comunicação com essas mensagens. Obrigado, banco que pertence ao Bilderbergs, por deixar-nos saber que tudo o que você acredita ser normal... não é.

Fonte: VC

 Leia Mais
30 Seconds to Mars "This is War" e a Propaganda Barata da Nova Ordem Mundial
Filme "Jogos Vorazes" - Uma Amostra da Nova Ordem Mundial