,

Resposta de Lauryn Hill à Indústria da Música

terça-feira, 12 de junho de 2012 Leave a Comment

 Vários jornais têm relatado que Lauryn Hill estava com problemas com o governo por sua não apresentação de impostos entre 2005-2007. Enquanto eu não sei (e nem me importa saber) sobre sua situação financeira e seus hábitos de pagar impostos, eu achei a resposta que Lauryn Hill deu às acusações bastante contundente. Em uma primeira declaração pública em anos, Hill descreve o controle, manipulação e exploração da indústria da música e seus esforços para ficar longe de tudo. A carta foi publicada na sua nova conta Tumblr. Abaixo, colocamos a tradução de alguns trechos dessa carta impressionate.


Foi noticiado ontem que a Sra. Lauryn Hill foi acusada de três crimes de contravenção por não apresentar declarações de impostos. Essas acusações foram efetuadas para os anos de 2005-2007, durante um tempo em que a Sra. Hill havia removido sua família e a si mesma da sociedade, a fim de mantê-los seguros, saudáveis ​​e livres de perigo. Em resposta a essas acusações, Sra. Hill fez a seguinte declaração:

"Nos últimos anos, mantive-me no que os outros considerariam de subterrâneo. Eu fiz isso para construir uma comunidade de pessoas, com mente parecida, em seu desejo de liberdade e direito de correr atrás de seus objetivos e vidas sem serem manipulados e controlados por uma mídia protegida por um complexo militar industrial com uma agenda completamente diferente. Tendo posto as vidas e as necessidades de outras pessoas antes da minha por vários anos, e tendo feito centenas de milhões de dólares para algumas instituições, sob circunstâncias complexas e por vezes graves, comecei a exigir crescimento e um tratamento mais equitativo, mas fui recebida com resistência. Entrei em meu ofício cheia de otimismo (que eu ainda possuo), mas logo vi a força supressora com que o sistema tenta manter seu controle sobre um determinado paradigma. Eu vi pessoas promoverem o vício, usarem sabotagem, lista negra, bullying de mídia e qualquer técnica de coerção que poderiam, para evitar artistas de saber o seu verdadeiro valor, ou que exerçam o seu poder. Esses dispositivos de controle, não importa quão bem intencionados (ou não), podem ter um resultado devastador sobre as vidas das pessoas, especialmente a dos mais criativos, que devem crescer e existir dentro de um determinado ambiente e de acordo com um ritmo certo, a fim de viver e criar de forma otimizada.

Eu mantive minha vida relativamente simples, mesmo depois de grandes sucessos, mas tornou-se cada vez mais óbvio que algumas indulgências e privilégios eram esperados vir ao preço de minha alma livre, mente livre e, portanto, da minha saúde e integridade. Então eu deixei uma vida mais mainstream e pública, a fim de afastar a mim e minha família, longe de um estilo de vida que requer distorção e compromisso como um meio para mantê-la. Durante esse tempo crítico, havia algumas poucas pessoas acessíveis a mim que ainda não tinham sido seduzidas ou afetadas por essa máquina, e, portanto, que se podia confiar que não tentariam influenciar ou coagir-me de volta em uma dinâmica de compromisso.
 
Durante esse período de crise, muito se disse sobre mim,  imprecisamente, por aqueles que se tornaram dependentes da minha força criativa, ainda que sem vontade para reconhecer plenamente a importância da minha contribuição, nem de me compensar de forma equitativa por isso. Isso foi feito em um esforço para manchar a minha imagem pública, a fim de afetar diretamente a minha capacidade para ganhar, independentemente do presente sistema. Demorou muito tempo para localizar e fomentar uma comunidade de pessoas fortes o suficiente para resistir a maré extremamente insalubre, e mais importante "enxergar através dela". Se eu não tivesse sido capaz de fazer contato, e estabelecer essa comunidade, a minha vida, segurança e liberdade, teria sido diretamente afetada, assim como as vidas, a segurança e a liberdade da minha família. Falhar em não criar um ambiente não tóxico, não exploradoro, não foi uma opção.
 
Quando os artistas experimentam perigo e crise sob os efeitos desse tipo de manipulação insidiosa, todos facilmente aceitam que havia algo ou disfuncional ou com errado com o artista, ao invés de olhar e examinar completamente o sistema e os seus meios e políticas de exploração /e 'fazer negócios'.

Aprender com o passado, isolando amigos e familiares a partir da influência da manipulação externa e corrupção, é muito mais importante para mim do que ser mal interpretada por uma estação! Eu não abandonei os meus fãs deliberadamente, nem deliberadamente abandonei quaisquer responsabilidades, mas eu, no entanto, coloco a minha saúde, segurança e liberdade e saúde da minha família em primeiro lugar sobre todas as preocupações materiais! Eu também abracei o meu direito de resistir a um sistema intencionalmente adversário a meu direito à sobrevivência integral.

Como esta, e outras áreas problemáticas estão resolvido, eu sou capaz de voltar a fazer o que eu deveria estar fazendo, na maneira que deve ser feito. Isto é parte do referido processo. Para aqueles que ajudaram e que foram dito que eu os abandonei, que não é verdade, eu abandonei a ganância, corrupção e compromisso, nunca vocês, e nunca os dotes artísticos e habilidades que me sustentam. "

- Fonte: Tumblr


Como é sempre o caso quando as celebridades rejeitam e afastam da indústria, Hill foi muitas vezes retratada como louca e instável na mídia. No entanto, aqueles que sabem sobre o lado negro da indústria, sabem que Hill fez a única coisa sana que se pode fazer em sua situação: Sair. Lauryn Hill foi mencionada na Parte 4 da série A Indústria da Música Exposta, no ano passado. Agora podemos entender melhor porque ela cantou a música que se encontra no vídeo abaixo, a partir do minuto 16:30.



Posts relacionados:
Rapper Prodigy abre o Jogo sobre Jay-Z e Illuminati
50 cent, "Não vou viver por muito tempo"

11 comentários »

  • Ziza said:  

    Amei...que Deus a abençoe ela e sua família ela é muito talentosa é como pouco dos bons artistas que restam.

  • kauh said:  

    como sempre arrasando!!!mais danizudo só uma coisa que eu não entendi,"a maioria ou todos os artistas que passaram por esse controle mental baseado em traumas, quando quiseram ser famosos ja sabiam que iriam passar por tudo isso,(controle mental) tipo " eu faço qualquer coisa pela fama"?há só mais uma coisa que me intriga "um cantor controlado pode estar, digamos possuído em algum show?enfim, de uma forma geral eu amo todos os seus posts todo dia eu entro e vejo tudo mesmo, parabéns que deus lhe abençoe!!!

  • Bruno Silva. said:  

    eu realmente me preocupo com essa cantora, apesar de não ser um fã dela. mas a admiro pela coragem que dizer NÃO e criticar severamente os poderosos.

    me pergunto como ela ainda esta viva.

    somente Deus p/ proteger ela.

  • Raquel said:  

    Muito interessante a pergunta do Bruno.
    Espero que Danizudo responda pois tbm tenho dúvidas.

  • NAICOH said:  

    Que isso? Danizudo aqui no Brasil tem esses simbolos tambem. Será que com a mesmo objetivo? Fica na paz!!

  • NAICOH said:  

    Aqui no Brasil tem muito desses simbolos e coisa e tal. Será que com o mesmo objetivo? Fica na paz!!

  • juliano said:  

    Lembro-me bem de quando Laurin apareceu ao mundo no filme mudança de hábitos 2 com a whoopi goldeberg, multi talentosa com uma voz inconfundível, estorou nas paradas com o fugges e em carreira solo, assim como wyclef jean seu ex parceiro de grupo, mas repentinamente sumiu do cenário, sucumbindo á outros artistas sombrios e de muito menos talento que ela. Agradeço por nos lembrar de que ainda existem os verdadeiros artistas.

  • Márcio Kosny said:  

    Danizido, video perfeito... A letra da música final diz tudo!!! Parabens guri, vc realmente vem ajudando muitas pessoas.

    Obrigado!!!

  • isabella marie said:  

    Danizudo,se possível,peço que faça uma análise do mais recente clipe da Katy Perry, Wide Awake. Só sei que mostra bem explicitamente muitas coisas sobre as quais você posta aqui. Fica a dica. :)

  • Jessica Lemos said:  

    Interessante este blog. Vou dar mais uma olhada no conteúdo, com mais tempo.

  • Dom-Lumando Scott Diogoo said:  

    Let her be what she wants. a Lauryn Hill sempre foi uma liricista e quando assim o é, é impossivel seguir a onda da injustiça. Paz e amor pra nossa irmã.

  • Leave your response!

    NÃO serão aceitos comentários que:

    - Forem desagradáveis;
    - Contiverem LINKS, SPAM, endereços eletrônicos;
    - Usarem CAPS excessivamente;

    Seus comentários poderão levar algumas horas para aparecer nesta página. Eles não serão necessariamente respondidos pelo autor.

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste site.